SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue4Comparative study of frictional forces generated by NiTi archwire deformation in different orthodontic brackets: In vitro evaluationStability of maxillary anterior crowding treatment author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Dental Press Journal of Orthodontics

Print version ISSN 2176-9451

Abstract

BUZZONI, Roberta; ELIAS, Carlos N.; FERNANDES, Daniel J.  and  MIGUEL, José Augusto M.. Avaliação da fricção superficial apresentada por braquetes autoligáveis em condições de tracionamento sob angulação. Dental Press J. Orthod. [online]. 2012, vol.17, n.4, pp.51-56. ISSN 2176-9451.  http://dx.doi.org/10.1590/S2176-94512012000400013.

OBJETIVO: avaliar a fricção apresentada por braquetes autoligáveis de aço inoxidável com sistema passivo de tampa deslizante sob angulação de 0 grau e 2,5 graus, e comparar o comportamento desse grupo sob angulação nula com o de um grupo de braquetes autoligáveis com sistema ativo de tampa resiliente. MÉTODOS: foram utilizados 25 braquetes de caninos superiores, divididos em 5 grupos - braquetes autoligáveis passivos Damon SL II sob angulação de 0 grau e de 2,5 graus; braquetes convencionais Gemini amarrados com ligaduras elásticas sob as mesmas angulações; e um grupo formado pelo sistema ativo Time 2, sob angulação nula. A hipótese a ser testada é se artefatos autoligáveis com sistema de tampa passiva são mais efetivos no controle da fricção do que dispositivos contendo coberturas ativas. O tracionamento foi realizado segundo emprego de 25 segmentos de fio de aço inoxidável 0,020" na máquina de ensaios EMIC DL 10000 com célula de carga de 2,0kg. Cada conjunto braquete/fio foi responsável pela geração de quatro corpos de prova, totalizando-se 100 leituras. As comparações entre médias dos valores foram realizadas através da Análise de Variância (one-way ANOVA) com correções pelo coeficiente de Bonferroni. RESULTADOS E CONCLUSÃO: as médias de fricção encontradas confirmaram a hipótese em teste, de que o sistema de braquetes Damon SL II é mais eficiente no controle do atrito do que o sistema de tampa ativa sob angulação de 0 grau (p<0,01). Quando submetidos a angulações de 2,5 graus, a fricção aumentou significativamente (p<0,01), porém mantendo-se ainda muito inferior aos patamares evidenciados no grupo de braquetes convencionais amarrados com ligaduras elásticas.

Keywords : Braquetes; Fricção; Aço inoxidável.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License