SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 issue4In vitro cytotoxicity of self-curing acrylic resins of different colorsLateral cephalometric diagnosis of asymmetry in Angle Class II subdivision compared to Class I and II author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Dental Press Journal of Orthodontics

Print version ISSN 2176-9451

Abstract

PEIXOTO, Adriano Porto; PINTO, Ary dos Santos; GARIB, Daniela Gamba  and  GONCALVES, João Roberto. Three-dimensional dental arch changes of patients submitted to orthodontic-surgical treatment for correction of Class II malocclusion. Dental Press J. Orthod. [online]. 2014, vol.19, n.4, pp.71-79. ISSN 2176-9451.  https://doi.org/10.1590/2176-9451.19.4.071-079.oar.

INTRODUÇÃO:

esse estudo avaliou as alterações tridimensionais ocorridas na morfologia das arcadas dentárias de pacientes submetidos ao tratamento ortodôntico-cirúrgico para a correção da má oclusão de Classe II, em três períodos distintos: (T1) modelos iniciais, (T2) modelos pré-cirúrgicos imediatos (de 1 a 15 dias antes da cirurgia) e (T3) modelos pós-cirúrgicos (mínimo de 6 meses após a remoção do aparelho ortodôntico).

MÉTODOS:

pontos previamente demarcados em cada modelo foram digitalizados por meio do digitalizador tridimensional MicroScribe-3DX, cujas coordenadas, armazenadas em planilhas do programa Excel, deram origem a valores que possibilitaram a avaliação da largura, comprimento e profundidade das arcadas dentárias.

RESULTADOS:

durante o preparo ortodôntico, houve aumentos nas distâncias transversais superiores e inferiores medidas na região de pré-molares que se mantiveram no período total de acompanhamento. Apenas a distância intercaninos superior apresentou alterações de aumento durante o preparo ortodôntico, assim como a largura da arcada superior, que diminuiu durante a fase de finalização. A profundidade de ambas as arcadas manteve-se estável nas fases avaliadas. Diferenças entre as mudanças dos pontos centroide e gengival sugerem que os pré-molares superiores e inferiores inclinaram para vestibular durante o preparo ortodôntico pré-cirúrgico.

CONCLUSÇÕES:

conclui-se que as arcadas dentárias superiores e inferiores sofreram expansão transversal na região de pré-molares durante o preparo ortodôntico pré-cirúrgico, com tendência à inclinação vestibular de todos os dentes posteriores. Após a cirurgia, as dimensões transversais não foram afetadas. Não foram observadas alterações sagitais ou verticais durante os períodos de observação.

Keywords : Ortodontia; Cirurgia ortognática; Má oclusão; Modelos dentários.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )