SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 issue6Protein biomarkers of external root resorption: A new protein extraction protocol. Are we going in the right direction?The use of three-dimensional cephalometric references in dentoskeletal symmetry diagnosis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Dental Press Journal of Orthodontics

Print version ISSN 2176-9451

Abstract

PINHEIRO, Fábio Henrique de Sá Leitão et al. Longitudinal stability of rapid and slow maxillary expansion. Dental Press J. Orthod. [online]. 2014, vol.19, n.6, pp.70-77. ISSN 2176-9451.  https://doi.org/10.1590/2176-9451.19.6.070-077.oar.

OBJETIVO:

o objetivo desse estudo retrospectivo foi comparar a estabilidade em longo prazo em dois tipos de correção da mordida cruzada posterior, sendo a expansão rápida (ERM) e a expansão lenta da maxila (ELM).

MÉTODOS:

modelos de estudos de 90 pacientes adolescentes foram avaliados quanto às alterações na largura interdentária em três diferentes tempos: pré-tratamento (T1), pós-tratamento (T2) e pelo menos cinco anos pós-contenção (T3). Três grupos de 30 pacientes foram definidos de acordo com o tratamento realizado para a correção da mordida cruzada posterior: Grupo A (ERM), grupo B (ELM) e grupo C (controle - apenas tratamento com técnica Edgewise). Após correção da mordida cruzada, todos pacientes receberam aparelhos ortodônticos fixos corretivos Edgewise. Teste t pareado e análise de variância a um critério (ANOVA) foram realizados para identificar alterações significantes intra- e intergrupos, respectivamente (p < 0,05).

RESULTADOS:

exceto para a distância intercaninos, todas as larguras aumentaram nos grupos A e B de T1 para T2. Em longo prazo, a quantidade de recidiva não foi diferente para os grupos A e B, exceto para a largura 3-3, que apresentou uma maior diminuição no grupo A. Clinicamente, entretanto, a porcentagem de casos com recidivas da mordida cruzada posterior foi semelhante para expansões rápida e lenta da maxila.

CONCLUSÃO:

Expansões rápida e lenta da maxila apresentaram estabilidades semelhantes em longo prazo.

Keywords : Técnica de expansão palatina; Ortodontia; Resultado de tratamento.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )