SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue4Evaluation of stiffness and plastic deformation of active ceramic self-ligating bracket clips after repetitive opening and closure movementsEvaluation of an alternative technique to optimize direct bonding of orthodontic brackets to temporary crowns author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Dental Press Journal of Orthodontics

Print version ISSN 2176-9451On-line version ISSN 2177-6709

Abstract

STELLA, João Paulo Fragomeni; OLIVEIRA, Andrea Becker; NOJIMA, Lincoln Issamu  and  MARQUEZAN, Mariana. Four chemical methods of porcelain conditioning and their influence over bond strength and surface integrity. Dental Press J. Orthod. [online]. 2015, vol.20, n.4, pp.51-56. ISSN 2176-9451.  https://doi.org/10.1590/2176-9451.20.4.051-056.oar.

OBJETIVO:

avaliar quatro métodos de condicionamento químico da superfície cerâmica, previamente à colagem de braquetes, e seu impacto sobre a resistência ao cisalhamento e a integridade da superfície ao descolamento.

MÉTODOS:

quatro grupos experimentais (n = 13) foram delineados de acordo com o método de condicionamento da superfície cerâmica empregado: G1 = ácido fosfórico a 37%, seguido da aplicação de silano; G2 = ácido fosfórico líquido a 37%, seguido da aplicação de silano sem lavagem prévia do ácido; G3 = ácido fluorídrico a 10%; e G4 = ácido fluorídrico a 10%, seguido da aplicação de silano. Após o condicionamento da superfície, braquetes metálicos foram colados à porcelana utilizando-se o sistema Transbond XP (3M Unitek). As amostras foram submetidas a ensaios de resistência ao cisalhamento, em máquina de ensaio universal, e as superfícies cerâmicas foram posteriormente avaliadas em microscópio, com magnitude de 8X. Testes ANOVA/Tukey foram realizados para verificar-se a diferença entre os grupos (α = 5%).

RESULTADOS:

os maiores valores de resistência ao cisalhamento foram encontrados nos grupos G3 e G4 (22,01 ± 2,15MPa e 22,83 ± 3,32Mpa, respectivamente), seguidos por G1 (16,42 ± 3,61MPa) e G2 (9,29 ± 1,95MPa). Quanto à avaliação da superfície após a descolagem do braquete, a utilização de ácido fosfórico líquido seguido da aplicação de silano, sem lavagem do ácido (G2), produziu menores danos à porcelana. Quando ácido fluorídrico e silano foram aplicados, o risco de fraturar a cerâmica aumentou.

CONCLUSÕES:

níveis aceitáveis de resistência de união para uso clínico foram alcançados por todos os métodos testados. No entanto, o condicionamento com ácido fosfórico líquido, seguido da aplicação de silano (G2), resultou em menor dano à superfície cerâmica.

Keywords : Braquetes ortodônticos; Cerâmica; Ortodontia.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )