SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issue5Perception of attractiveness of missing maxillary lateral incisors replaced by caninesDo premolar extractions necessarily result in a flat face? No, when properly indicated author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Dental Press Journal of Orthodontics

Print version ISSN 2176-9451On-line version ISSN 2177-6709

Abstract

AHMED, Maheen; SHAIKH, Attiya  and  FIDA, Mubassar. Diagnostic validity of different cephalometric analyses for assessment of the sagittal skeletal pattern. Dental Press J. Orthod. [online]. 2018, vol.23, n.5, pp.75-81. ISSN 2176-9451.  https://doi.org/10.1590/2177-6709.23.5.075-081.oar.

Introdução:

numerosas análises cefalométricas foram propostas para diagnosticar a discrepância sagital das estruturas craniofaciais.

Objetivo:

este estudo teve como objetivo avaliar a confiabilidade e validade de diferentes análises esqueléticas para a identificação do padrão esquelético sagital.

Métodos:

foram incluídos 146 indivíduos (homens = 77; mulheres = 69; idade média = 23,6 ± 4,6 anos). O ângulo ANB, a avaliação de Wits, o ângulo Beta, o ângulo do plano AB, o ângulo de convexidade de Downs e o ângulo W foram utilizados para avaliar o padrão esquelético anteroposterior em cefalogramas laterais. A amostra foi classificada nos grupos Classe I, II e III, conforme os resultados diagnósticos da maioria dos parâmetros. A validade e a confiabilidade das análises acima mencionadas foram determinadas usando estatísticas Kappa, sensibilidade e valor preditivo positivo (VPP).

Resultados:

foi encontrada uma concordância significativa entre o ângulo ANB e o diagnóstico feito pelo grupo final (k = 0,802). No grupo Classe I, o ângulo de convexidade de Downs mostrou a maior sensibilidade (0,968), enquanto o ANB apresentou o maior VPP (0,910). No grupo Classe II, o ângulo ANB mostrou a maior sensibilidade (0,928) e o maior VPP (0,951). No grupo Classe III, o ângulo ANB, a avaliação de Wits e o ângulo Beta apresentaram a maior sensibilidade (0,902), enquanto o ângulo de convexidade de Downs e o ângulo ANB apresentaram o maior VPP (1,00).

Conclusão:

o ângulo ANB foi considerado o indicador mais válido e confiável em todos os grupos sagitais. O ângulo de convexidade de Downs, a avaliação de Wits e o ângulo Beta podem ser usados como indicadores válidos para avaliar o padrão sagital de Classe III.

Keywords : Diagnóstico; Cefalometria; Confiabilidade; Validade.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )