SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número3Periodontal parameters of two types of 3 x 3 orthodontic retainer: a longitudinal studyA 3-D evaluation of transverse dentoalveolar changes and maxillary first molar root length after rapid or slow maxillary expansion in children índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Dental Press Journal of Orthodontics

versión impresa ISSN 2176-9451versión On-line ISSN 2177-6709

Resumen

MAMEDE, Anderson Antonio; MARTINEZ, Elizabeth Ferreira  y  BASTING, Roberta Tarkany. Mechanical and histological evaluation of a titanium device for orthodontic anchorage, placed with or without cyanoacrylate adhesive. Dental Press J. Orthod. [online]. 2019, vol.24, n.3, pp.71-78.  Epub 01-Ago-2019. ISSN 2176-9451.  http://dx.doi.org/10.1590/2177-6709.24.3.071-078.oar.

Objetivos:

este estudo teve como objetivo realizar uma avaliação histológica de um mini-implante para ancoragem em Ortodontia. Avaliou-se, também, a carga de cisalhamento e o padrão de fratura imediatamente e após 30 e 60 dias da sua inserção, com ou sem o uso do adesivo N-butil-2-cianoacrilato.

Métodos:

noventa e seis mini-implantes (Arrow, Peclab, Brasil) foram instalados na tíbia de nove coelhos machos, com ou sem adesivo (Vetbond™, 3M, EUA). A avaliação histológica foi realizada com uso de microscópico de luz óptica. Realizou-se o teste de resistência ao cisalhamento, seguido pela análise da fratura, por meio de inspeção visual.

Resultados:

um contato íntimo entre o novo osso formado e o dispositivo foi evidenciado no grupo sem adesivo, enquanto espaços foram encontrados no grupo com adesivo. O teste de Tukey mostrou valores semelhantes em ambos os grupos no tempo imediato (20,70 N sem adesivo e 24,69 N com adesivo), e valores maiores para o grupo sem adesivo após 30 e 60 dias (43,98 N e 78,55 N, respectivamente). Os valores para o grupo com adesivo foram semelhantes para os tempos imediato (24,69 N), 30 dias (18,23 N) e 60 dias (31,98 N). As fraturas foram adesivas para ambos os grupos, no tempo imediato. As fraturas foram coesivas no osso para os grupos sem adesivo, após 30 e 60 dias.

Conclusões: os mini-implantes mostraram um contato íntimo com o osso e requereram alta carga de cisalhamento para sua remoção após 30 e 60 dias nos grupos sem adesivo. Estudos adicionais são necessários para avaliar um método para remoção do dispositivo ortodôntico sem fratura coesiva no osso.

Palabras clave : Osso cortical; Procedimentos de ancoragem ortodôntica; Fraturas.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · Inglés ( pdf )