SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue1Immediate effects of the high-pitched blowing vocal exerciseImpact of auditory training for perceptual assessment of voice executed by undergraduate students in Speech-Language Pathology author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

On-line version ISSN 2179-6491

Abstract

GOULART, Bárbara Niegia Garcia de; ROCHA, Jaqueline Garcia da  and  CHIARI, Brasilia Maria. Intervenção fonoaudiológica em grupo a cantores populares: estudo prospectivo controlado. J. Soc. Bras. Fonoaudiol. [online]. 2012, vol.24, n.1, pp. 7-18. ISSN 2179-6491.  http://dx.doi.org/10.1590/S2179-64912012000100004.

OBJETIVO: Verificar os benefícios de um programa de aperfeiçoamento vocal em grupo a cantores populares. MÉTODOS: Trata-se de estudo de intervenção, quase experimental, realizado com 37 cantores populares de ambos os gêneros, com idades entre 18 e 40 anos e qualidade vocal adaptada. Os participantes foram divididos em dois grupos: Intervenção (GI) e Controle (GC). O GI contou com 21 indivíduos que receberam orientações sobre anátomo-fisiologia do aparelho fonador, cuidados de higiene vocal e realização de exercícios vocais, em um total de sete encontros. O GC contou 16 participantes, que mantiveram suas atividades normais durante o período de realização da pesquisa e não receberam as orientações sobre o aperfeiçoamento vocal. Nos períodos pré e pós-intervenção todos os participantes responderam a um questionário sobre hábitos e demandas relacionadas à voz e foram avaliados em relação a: ressonância, articulação, projeção, pitch, loudness, tempo máximo de fonação e relação s/z. RESULTADOS: O trabalho de aperfeiçoamento vocal mostrou-se positivo na percepção dos cantores, que referiram melhora em suas vozes. Os tempos máximos de fonação e a relação s/z não apresentaram diferença entre os grupos (p=0,57). Não houve modificação dos comportamentos potencialmente nocivos à saúde vocal (p=0,24) em até 60 dias após a intervenção. Não foi observada diminuição considerável das queixas vocais (p=0,1), ainda que a porcentagem de redução de queixas do GI (22,2%) tenha sido maior que a do GC (11,1%). CONCLUSÃO: A intervenção fonoaudiológica em grupo a cantores populares é positiva no que se refere à percepção do indivíduo sobre sua produção vocal, ainda que estes apresentem voz adaptada desde o início do processo.

Keywords : Treinamento da voz; Voz; Qualidade da voz; Música; Fonoterapia; Distúrbios da voz.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese