SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue1Auditory rehabilitation effects on the temporal ordering ability in elderly hearing aids usersTemporal processing in children with phonological disorders submitted to auditory training: a pilot study author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

On-line version ISSN 2179-6491

Abstract

SILVA, Mariane Perin da; COMERLATTO JUNIOR, Ademir Antonio; BALEN, Sheila Andreoli  and  BEVILACQUA, Maria Cecília. O uso de um software na (re)habilitação de crianças com deficiência auditiva. J. Soc. Bras. Fonoaudiol. [online]. 2012, vol.24, n.1, pp. 34-41. ISSN 2179-6491.  http://dx.doi.org/10.1590/S2179-64912012000100007.

OBJETIVO: Verificar a aplicabilidade de um software na (re)habilitação de crianças com deficiência auditiva. MÉTODOS: A amostra foi composta por 17 crianças com deficiência auditiva, sendo dez usuárias de Implante Coclear (IC) e sete usuárias de Aparelho de Amplificação Sonora Individual (AASI). Foi utilizado o "Software Auxiliar na Reabilitação de Distúrbios Auditivos (SARDA)". Aplicou-se o protocolo de treinamento durante 30 minutos, duas vezes por semana, pelo tempo necessário para a finalização das estratégias que compõe software. Para mensurar a aplicabilidade do software no treinamento da habilidade de percepção da fala no silêncio e no ruído, foram realizadas avaliações com o Hearing in Noise Test (HINT) pré e pós o treinamento auditivo. Os dados foram analisados estatisticamente. RESULTADOS: O grupo de usuários de IC necessitou em média 12,2 dias para finalizar as estratégias e o grupo de usuários de AASI em média 10,14 dias. Os dois grupos apresentaram diferença entre as avaliações pré e pós no silêncio e no ruído. As crianças mais novas apresentaram maior dificuldade durante a execução das estratégias, porém não houve correlação entre a idade e o desempenho. Não houve influência do tipo do dispositivo eletrônico durante o treinamento. As crianças apresentaram maior dificuldade na estratégia que envolvia estímulos não verbais e na estratégia com estímulos verbais que treina a habilidade de atenção sustentada. A atenção e a motivação da criança durante a estimulação foram fundamentais para o bom rendimento do treinamento auditivo. CONCLUSÃO: O treinamento auditivo com o SARDA foi eficaz, pois propiciou melhora na habilidade de percepção da fala, no silêncio e no ruído, das crianças com deficiência auditiva.

Keywords : Perda auditiva; Software; Reabilitação de deficientes auditivos; Aplicação de informática médica; Terapia assistida por computador .

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese