SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número2Desempenho sócio-cognitivo e diferentes situações comunicativas em grupos de crianças com diagnósticos distintosA complexidade da narrativa interfere no uso de conjunções em crianças com distúrbio específico de linguagem índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Jornal da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

versão On-line ISSN 2179-6491

Resumo

BRAGATTO, Eliane Lopes et al. Versão brasileira do protocolo Overall Assessment of the Speaker's Experience of Stuttering - Adults (OASES-A). J. Soc. Bras. Fonoaudiol. [online]. 2012, vol.24, n.2, pp.145-151. ISSN 2179-6491.  http://dx.doi.org/10.1590/S2179-64912012000200010.

OBJETIVO: Verificar a aplicabilidade do instrumento Overall Assessment of the Speaker's Experience of Stuttering - Adults (OASES-A), traduzido para o Português Brasileiro, em uma amostra de pessoas que gaguejam. MÉTODOS: Foi realizada a aplicação individual do instrumento OASES-A, traduzido para o Português Brasileiro, a 18 pessoas que gaguejam. A classificação da severidade da gagueira foi feita baseada no protocolo Stuttering Severity Instrument for Children and Adults (SSI-3). Os processos de tradução e tradução reversa foram realizados por especialistas, considerando-se as equivalências semântica, conceitual, cultural e idiomática. RESULTADOS: Não houve correlação entre os níveis de severidade da gagueira avaliados por meio do protocolo SSI-3 e os da auto-avaliação mensurados pelo OASES-A. Houve prejuízo relatado quanto à autopercepção da fluência; à habilidade de fala; ao nível de conhecimento da gagueira e opções de tratamento; ao uso de técnicas de enfrentamento; à qualidade de vida. Também foi referida dificuldade em relação aos estados emocionais, como ansiedade e constrangimento, e na comunicação em situações da vida diária. CONCLUSÃO: A aplicação do OASES-A mostrou-se útil para avaliar e tratar pessoas que gaguejam, pois fornece subsídios ao profissional fonoaudiólogo especializado no que se refere à autopercepção destas pessoas sobre as dificuldades na comunicação e o impacto da gagueira sobre a qualidade de vida.

Palavras-chave : Gagueira; Classificação internacional de funcionalidade, incapacidade e saúde; Qualidade de vida; Fala; Tradução.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons