SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número3Interferência da variante linguística nas estratégias de reparo utilizadas no processo de aquisição fonológicaDescrição fonética eletropalatográfica de fones alveolares índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Jornal da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

versão On-line ISSN 2179-6491

Resumo

SILVA, Monica Karl da; FERRANTE, Carla; BORSEL, John Van  e  PEREIRA, Monica Medeiros de Britto. Aquisição fonológica do Português Brasileiro em crianças do Rio de Janeiro. J. Soc. Bras. Fonoaudiol. [online]. 2012, vol.24, n.3, pp.248-254. ISSN 2179-6491.  http://dx.doi.org/10.1590/S2179-64912012000300010.

OBJETIVO: Descrever a aquisição fonológica típica do Português Brasileiro, para fins clínicos. MÉTODOS: Por meio de um teste de nomeação de figuras, foram coletadas amostras de fala de 480 crianças (240 do gênero feminino e 240 do gênero masculino), provenientes de escolas públicas e privadas do município do Rio de Janeiro, que foram divididas em cinco grupos etários entre 3 e 8 anos. Três tipos de análises foram realizadas e os resultados foram comparados em relação ao gênero, à idade e ao nível socioeconômico: (1) análise do inventário fonológico detalhando quantas e quais consoantes foram adquiridas, (2) avaliação do percentual de consoantes corretas e (3) análise dos processos fonológicos observados. RESULTADOS: Os resultados mostraram com clareza um desenvolvimento mais acelerado de crianças de nível socioeconômico alto em comparação com as crianças de nível socioeconômico baixo. Os dados apontaram ainda que a idade é o fator mais determinante na aquisição fonológica. A completude do inventário de consoantes, o percentual de consoantes corretas e o uso de processos fonológicos melhoraram com o aumento da idade, e a variabilidade entre as crianças diminuiu. Não foram, no entanto, observadas diferenças relativas ao gênero. CONCLUSÃO: As informações coletadas podem ajudar os fonoaudiólogos na avaliação e no tratamento dos transtornos dos sons da fala.

Palavras-chave : Desenvolvimento infantil; Linguagem infantil; Transtornos da articulação; Fonética; Classe social.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons