SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24Similaridade entre Adultos e Regenerantes do Componente Arbóreo em Floresta com AraucáriaInfluência da Umidade na Resistência da Madeira de Eucalipto a Impactos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Floresta e Ambiente

versão impressa ISSN 1415-0980versão On-line ISSN 2179-8087

Resumo

CASTRO NETO, Fernando de et al. Balanço de Carbono – Viabilidade Econômica de Dois Sistemas Agroflorestais em Viçosa, MG. Floresta Ambient. [online]. 2017, vol.24, e00092114.  Epub 03-Ago-2017. ISSN 2179-8087.  http://dx.doi.org/10.1590/2179-8087.092114.

A carência de estudos sobre o balanço de carbono e viabilidade econômica em sistemas agroflorestais (SAF) motivaram este estudo. Foram avaliados um sistema agrissilvipastoril (SASP) composto por eucalipto, feijão e capim braquiária e um sistema silvipastoril (SSP) composto por eucalipto e capim braquiária, ambos aos 3 anos de idade. Para estimar a biomassa do componente arbóreo foi utilizado o método indireto e para a gramínea, o direto. As emissões de gases de efeito estufa (GEE) foram baseadas no guia de Inventários Nacionais de GEE. Foram calculados o Valor Presente Líquido (VPL) e a Taxa Interna de Retorno (TIR). Os dois sistemas tiveram balanço de carbono positivo. No SASP, o VPL encontrado foi de R$ 388,77 e a TIR, de 21%, os resultados positivos ocorreram devido à receita gerada pela venda do feijão. No SSP, o VPL foi de - R$ 1.298,00 e a TIR, de -2%, considerando o corte das árvores aos 3 anos.

Palavras-chave : fluxo de caixa; gases de efeito estufa; biomassa.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )