SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 número2Influência do efluente de aqüicultura sobre o crescimento de Salvinia molestaDistribuição longitudinal e sazonalidade de macroalgas em um riacho subtropical impactado por poluição orgânica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Acta Limnologica Brasiliensia

versão On-line ISSN 2179-975X

Resumo

ESTEVES, Bruno dos Santos  e  SUZUKI, Marina Satika. Variáveis limnológicas e conteúdo nutricional de macrófitas aquáticas submersas em uma lagoa tropical. Acta Limnol. Bras. (Online) [online]. 2010, vol.22, n.2, pp.187-198. ISSN 2179-975X.  http://dx.doi.org/10.4322/actalb.02202008.

OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi avaliar a composição elementar (C, N e P) e conteúdo de carboidratos e lipídeos das macrófitas aquáticas Egeria densa, Ceratophyllum demersum e Najas marina encontradas em uma lagoa do Norte Fluminense, e relacionar esses dados a parâmetros limnológicos medidos em igual período; MÉTODOS: As amostras foram obtidas em julho/2001 (período seco) e janeiro/2002 (período chuvoso), em 10 pontos ao longo da lagoa do Campelo com determinações de parâmetros limnológicos e quantificação de componentes nutricionais e bioquímicos das macrófitas aquáticas; RESULTADOS: Elevados valores de condutividade elétrica e alcalinidade explicam a distribuição espacial das macrófitas estudadas, e os valores de pH (<9,0), supersaturação de O2 e subsaturação de CO2 sugerem uma elevada produção primária, tanto fitoplanctônica quanto de macrófitas submersas. Para os nutrientes avaliados nas macrófitas aquáticas, variações sazonais significativas foram observadas no conteúdo de fósforo total (p < 0,05), de nitrogênio total e carbono total, entretanto, sem qualquer padrão definido entre períodos sazonais e macrófitas. Observou-se tendência às maiores concentrações de P nos tecidos das macrófitas no período chuvoso, assim como carboidratos e lipídeos, sugerindo que este período é mais propício ao desenvolvimento de Ceratophyllum demersum e Egeria densa na lagoa do Campelo; CONCLUSÕES: Não se observou uma clara associação entre os conteúdos nutricionais e de reservas encontrados nas macrófitas com as variáveis limnológicas e ambientais medidas.

Palavras-chave : macrófitas aquáticas; composição elementar; Ceratophyllum demersum; Egeria densa; Najas marina.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons