SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue1The effect of the land use on phytoplankton assemblages of a Cerrado stream (Brazil)Hydrological stress as a limiting factor of the invasion of Limnoperna fortunei (Dunker, 1857) in the Upper Paraná River (Brazil) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google
  • uBio

Share


Acta Limnologica Brasiliensia

On-line version ISSN 2179-975X

Abstract

PEREIRA, Sabrina Amaral; TRINDADE, Cláudio Rossano Trindade; ALBERTONI, Edélti Faria  and  PALMA-SILVA, Cleber. Macrófitas aquáticas como indicadores da qualidade da água em pequenos lagos rasos subtropicais, Sul do Brasil. Acta Limnol. Bras. [online]. 2012, vol.24, n.1, pp. 52-63.  Epub Sep 04, 2012. ISSN 2179-975X.  http://dx.doi.org/10.1590/S2179-975X2012005000026.

OBJETIVO: Foi avaliado o potencial bioindicador da comunidade de macrófitas aquáticas em seis pequenos lagos rasos. MÉTODOS: O acompanhamento foi mensal durante um ano, sendo que em cada coleta, além do registro de todas as espécies de macrófitas foram determinadas a temperatura da água, oxigênio dissolvido, pH, condutividade elétrica, alcalinidade total, clorofila-a, material em suspensão, nitrogênio total (Nt) e fósforo total (Pt). RESULTADOS: No total, quarenta e três espécies foram registradas, e ocorreram diferenças significativas na riqueza de espécies e nas condições limnológicas entre os lagos estudados. A análise de correspondência canônica mostrou que a concentração de nutrientes (Nt e Pt), clorofila-a, material em suspensão, oxigênio dissolvido e pH foram os mais importantes preditores da distribuição das macrófitas aquáticas. Algumas espécies emergentes estiveram relacionadas alta concentração de nutrientes, de clorofila-a, e de material em suspensão. Por outro lado, a maioria das espécies submersas foram associadas a ambientes com baixa concentração de nutrientes e os menores valores de clorofila-a, e de material em suspensão. Além disso, algumas espécies submersas e flutuantes foram relacionadas a baixos valores de pH, alcalinidade e oxigênio dissolvido. As diferenças limnológicas entre os lagos podem ser apontadas como as principais causas da distribuição heterogênea observada das macrófitas. CONCLUSÕES: Estes resultados indicam a importância das características limnológicas dos diferentes ambientes na composição da comunidade de macrófitas aquáticas e o potencial papel bioindicador dessa comunidade em lagos rasos do sul do Brasil.

Keywords : bioindicadores; vegetação aquática; lagos rasos; eutrofização.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English