SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30O uso de cloreto de polialumínio como medida de restauração da qualidade da água em lagos rasos tropicaisEfeito do aumento da temperatura e enriquecimento de nutrientes nos grupos funcionais fitoplanctônicos de um reservatório brasileiro do semiárido índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Acta Limnologica Brasiliensia

versão impressa ISSN 0102-6712versão On-line ISSN 2179-975X

Resumo

OLIVEIRA, Jônnata Fernandes de et al. Análise espaço-temporal da dieta de um peixe não nativo no reservatório de Santa Cruz, semiárido brasileiro. Acta Limnol. Bras. [online]. 2018, vol.30, e110.  Epub 23-Nov-2018. ISSN 0102-6712.  http://dx.doi.org/10.1590/s2179-975x10416.

Objetivo

Investigou-se a dieta de Plagioscion squamosissimus presente no reservatório de Santa Cruz, Rio Grande do Norte, Brasil, avaliando as influências das variações espacial e temporal e de fatores abióticos na utilização dos recursos alimentares.

Métodos

As coletas foram realizadas trimestralmente, entre fevereiro de 2011 e novembro de 2014. Dos 525 exemplares capturados, 375 apresentaram itens alimentares nos estômagos. A dieta foi determinada utilizando: (i) Índice Alimentar (IAi); (ii) e a interpretação gráfica da estratégia alimentar, através de análise de Escalonamento Multidimensional Não Métrico (NMDS), sendo as diferenças na dieta testadas a partir de Análises de Variância Multivariada Permutacional (PERMANOVA). Para verificar se as variáveis ambientais influenciam na dieta foram realizadas Análise de Correspondência Canônica (CCA), usando os dados do IAi e os dados ambientais, sendo a significância dos eixos testada através de simulações de Monte Carlo.

Resultados

A espécie se alimentou principalmente de itens de origem animal, sendo vegetal um recurso ingerido de forma acidental. A dieta foi composta por camarão, peixe, inseto, molusco e vegetal, este último raramente encontrado. O camarão foi o item principal (92,57%) e os insetos (7,24%) itens acessórios. A ordenação espacial e temporal demonstrou que a espécie não apresentou variação na composição da dieta, assim como apresentou uma baixa associação entre a alimentação e as variáveis ambientais.

Conclusão

P. squamosissimus caracteriza-se como carcinófaga, em função do predomínio de camarão em sua dieta, evidenciando que a espécie está adaptada às condições oferecidas pelo ambiente do semiárido brasileiro.

Palavras-chave : estratégia alimentar; ecossistema lêntico; Plagioscion squamosissimus; semiárido Neotropical.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )