SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número43Programa único ou diferenciado: especificidade curricular da escola rural uruguaiaDa roça para a escola: institucionalização e expansão das escolas primárias rurais no Paraná (1930-1960) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


História da Educação

versão On-line ISSN 2236-3459

Resumo

CELESTE FILHO, Macioniro. O espírito de horror à vida educativa nos campos: a educação rural paulista nas décadas de 1930 e 1940. Hist. Educ. [online]. 2014, vol.18, n.43, pp.49-70. ISSN 2236-3459.  http://dx.doi.org/10.1590/S2236-34592014000200004.

Nas décadas de 1930 e 1940 o sistema escolar paulista se consolidou em nova organização institucional em todo o Estado. Administradores escolares, os delegados regionais do ensino, organizaram em novo patamar a educação primária neste período. No espaço urbano, os grupos escolares eram o modelo a ser seguido. Contudo, como se encontravam as escolas rurais? Apresenta-se neste trabalho a visão destes delegados de ensino sobre a situação da educação rural em São Paulo neste período. O texto aborda o conflito entre a realidade cotidiana do sistema escolar possível e o ideal almejado para a educação rural no Estado de São Paulo. Os documentos utilizados foram os relatórios destes administradores escolares, preservados no Arquivo Público do Estado de São Paulo.

Palavras-chave : escolas rurais; escolas isoladas; história da educação; ensino primário paulista.

        · resumo em Inglês | Espanhol | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons