SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número45Medidas de controle da circulação do livro didático para o ensino de leitura e escrita em São Paulo: atuação da commissão revisora de 1918Pela educação lutaremos o bom combate: a instrução operária como um campo de disputas entre católicos e anarquistas na primeira república brasileira índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


História da Educação

versão On-line ISSN 2236-3459

Resumo

PINHEIRO, Maria de Lourdes  e  MENEZES, Maria Cristina. Pragmatismo e idealismo: o debate entre pioneiros e católicos em dois manuais no Brasil dos anos de 1930. Hist. Educ. [online]. 2015, vol.19, n.45, pp.127-139. ISSN 2236-3459.  http://dx.doi.org/10.1590/2236-3459/42100.

Na década de 1930 acentuava-se o debate educacional brasileiro entre dois grupos rivais, que se utilizaram do livro como um dispositivo estratégico para divulgar ou censurar concepções pedagógicas com a intenção de consolidar um determinado modelo escolar. Neste contexto e por uma perspectiva histórico-cultural, o presente trabalho apresenta uma discussão sobre dois impressos de coleções pedagógicas que circularam no Brasil: Democracia e educação, de John Dewey (1936) e A filosofia da educação sob o ponto de vista democrático, de Herman Harrel Horne (1938).

Palavras-chave : coleções pedagógicas; estratégia; práticas; modelo escolar.

        · resumo em Inglês | Espanhol | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )