SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 issue19Slavery demography and the impact of abolitionist laws in Espírito Santo (1850-1888)The americanism of Aureliano Cândido Tavares Bastos author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Almanack

On-line version ISSN 2236-4633

Abstract

RAMINELLI, Ronald. Os limites da soberania régia A capitania da Paraíba do Sul entre 1727 e 1730. Almanack [online]. 2018, n.19, pp.167-204. ISSN 2236-4633.  http://dx.doi.org/10.1590/2236-463320181905.

O artigo analisa os limites da soberania régia sobre a capitania da Paraíba do Sul a partir dos conflitos entre o donatário da capitania e o governador do Rio de Janeiro. Em 1674, a monarquia portuguesa a concedeu à Casa Asseca, mas o território ficou abandonado e sujeito às ocupações das ordens religiosas e dos criadores de gado. Anos depois, o visconde de Asseca retomou o controle, mas enfrentou forte oposição do governador que a tinha ilegalmente como capitania anexa ao Rio de Janeiro. No embate, nem sempre os opositores se guiaram pelos ditames do poder real. Intensificados entre 1727 e 1730, os abusos e conflitos de jurisdição demonstravam os limites da soberania régia nos confins do Império. O trabalho ainda destaca as diferenças entre as intervenções régias e os interesses particulares das autoridades providas pela monarquia.

Keywords : Soberania; conflitos; administração colonial.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )