SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 issue23ARGENTINE POLITICAL VIOLENCE DURING STATE FORMATION (1862-1880) AN INTERPRETATIVE ESSAYILLEGAL TRADE OF AFRICAN PEOPLE WITHIN BRAZIL IN19TH CENTURY: THE “PATACHO” HERMINIA (PARAÍBA - 1850) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Almanack

On-line version ISSN 2236-4633

Abstract

FERRARO, Marcelo Rosanova. CAPITALISMO, ESCRAVIDÃO E A FORMAÇÃO DA CLASSE SENHORIAL BRASILEIRA: UM DEBATE TEÓRICO NA PERSPECTIVA DO SISTEMA-MUNDO. Almanack [online]. 2019, n.23, pp.151-175.  Epub Dec 13, 2019. ISSN 2236-4633.  http://dx.doi.org/10.1590/2236-463320192307.

Esse artigo apresenta um debate teórico em perspectiva global e sistêmica sobre as relações entre escravidão e capitalismo no processo de formação da classe senhorial brasileira no século XIX, tomando-se o Vale do Paraíba como região central nesse processo. Tendo por base o conceito da Segunda Escravidão, a expansão das fazendas de café nessa região é compreendida como parte da expansão do capitalismo após a Revolução Industrial. Portanto, a formação de uma nova classe senhorial na década de 1830 e sua crise a partir da década de 1860 foram parte integrante da dinâmica do Sistema-Mundo oitocentista, tanto quanto outras classes dominantes em formação no mesmo período, como as classes senhoriais de Cuba e do Sul dos Estados Unidos e as burguesias da Europa e do norte dos Estados Unidos.

Keywords : Escravidão; Vale do Paraíba; Império do Brasil; Café; Sistema-Mundo; Segunda Escravidão.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )