SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 issue2Vascular epiphytes at the edge and interior of a Semideciduous Forest in Southeastern BrazilGeofungi of Córrego do Sapateiro at the Parque Municipal do Ibirapuera, São Paulo, São Paulo State, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Hoehnea

On-line version ISSN 2236-8906

Abstract

FERNANDES, Rozijane Santos; MACIEL, Sebastião  and  PIETROBOM, Marcio Roberto. Licófitas e monilófitas das Unidades de Conservação da Usina Hidroelétrica - UHE de Tucuruí, Pará, Brasil. Hoehnea [online]. 2012, vol.39, n.2, pp. 247-285. ISSN 2236-8906.  http://dx.doi.org/10.1590/S2236-89062012000200007.

O presente estudo refere-se às espécies de licófitas e monilófitas ocorrentes nas Zonas de Preservação da Vida Silvestre da Usina Hidroelétrica de Tucuruí, Estado do Pará, Brasil. A área de estudo localiza-se na região sudeste do Pará, com cerca de 29.700 hectares, composta, predominantemente, por floresta ombrófila aberta. Os dados obtidos demonstraram a ocorrência de 18 famílias, 37 gêneros e 82 espécies. A família com maior riqueza de espécies é Pteridaceae (21 spp.) e o gênero mais representativo é Adiantum com 14 espécies. Três espécies são novas referências para o Pará: Didymoglossum ovale, Danaea nodosa e Pecluma hygrometrica. Além disso, duas espécies novas foram identificados, uma delas já descrita, Thyelypteris amazonica. A outra espécie pertence a Adiantum e será publicada em breve. A riqueza florística da área, associada com as novidades taxonômicas, atesta a sua importância biológica e aponta para a necessidade de aumentar os esforços em pesquisa e conservação da área estudada.

Keywords : Floresta Amazônica; florística; samambaia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese