SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.44 issue4Diversity and structure of the lower strata in two successional stages in a subtropical forest, Southern Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Hoehnea

Print version ISSN 0073-2877On-line version ISSN 2236-8906

Abstract

CIELO-FILHO, Roque et al. Flora arbórea e arbustiva no entorno do Parque Nacional do Iguaçu, PR, Brasil: contribuição para restauração ecológica. Hoehnea [online]. 2017, vol.44, n.4, pp.473-489. ISSN 2236-8906.  https://doi.org/10.1590/2236-8906-97/2016.

Conduzimos um estudo florístico em fragmentos de floresta nativa de uma área localizada entre o ParqueNacional do Iguaçu e a Área de Preservação Permanente do Lago de Itaipu, oeste do Estado do Paraná, objetivando ampliar o conhecimento florístico regional e compilar informações sobre as espécies para subsidiar projetos de restauração naquela área. Encontramos 204 espécies e 51 famílias, sendo as mais ricas Fabaceae (29 spp.), Myrtaceae (18 spp.), Solanaceae (10 spp.), Euphorbiaceae, Meliaceae e Rutaceae (nove spp. cada). A síndrome zoocórica foi a mais comum (69% das espécies), seguida pela anemocórica (17%) e autocórica (14%). As espécies não pioneiras foram as mais frequentes (64%). Qualitativamente, de modo geral, esses resultados coincidem com o observado em florestas estacionais semideciduais. Com base em dados fitossociológicos de outros estudos, indicamos 34 espécies localmente abundantes que podem ser usadas em maiores proporções em projetos de restauração. Registramos sete espécies ameaçadas de extinção e 15 exóticas, das quais 12 possuem potencial invasivo demandando ações de controle.

Keywords : conservação; espécies ameaçadas; florística; Mata Atlântica; restauração.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )