SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 issue1Screening for symptoms of anxiety and depression in patients admitted to a university hospital with acute coronary syndromeA proposal for a new Brazilian six-item version of the Edinburgh Postnatal Depression Scale author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Trends in Psychiatry and Psychotherapy

Print version ISSN 2237-6089On-line version ISSN 2238-0019

Abstract

FIGUEIRO, Luciana Rizzieri; BARROS, Helena Maria Tannhauser; FERIGOLO, Maristela  and  DANTAS, Denise Conceição Mesquita. Avaliação dos fatores associados à adesão de fumantes a um grupo de apoio de curta duração para a cessação de tabagismo: um estudo longitudinal em um país em desenvolvimento. Trends Psychiatry Psychother. [online]. 2017, vol.39, n.1, pp.19-28. ISSN 2237-6089.  http://dx.doi.org/10.1590/2237-6089-2016-0041.

Objetivo:

O objetivo deste estudo foi determinar quais características individuais de fumantes estão associadas à sua adesão a um grupo de apoio para a cessação do tabagismo.

Métodos:

Fumantes de Porto Alegre, Brasil, foram convidados a participar de um grupo de apoio para a cessação do tabagismo realizado em quatro reuniões semanais. Dados sociodemográficos, história tabagística, presença de doenças relacionadas ao tabaco, severidade da dependência de nicotina, estágio motivacional e sintomas de ansiedade e depressão foram avaliados no início do estudo. Adesão foi definida como estar presente nas reuniões do grupo, e foi medida na segunda e na quarta sessões do programa.

Resultados:

O estudo recrutou 167 fumantes que compareceram ao primeiro encontro e preencheram os critérios de inclusão. Desses participantes, 102 retornaram para a segunda sessão, e apenas 55 completaram as quatro semanas do programa. Com relação à adesão imediata (segunda sessão), adultos com idade superior a 35 anos mostraram maior probabilidade de aderir ao tratamento (p = 0.004), enquanto um maior número de cigarros por dia foi associado com menor adesão (p = 0.031). Para a adesão final (quarta sessão), apenas um nível mínimo de ansiedade foi associado com maior probabilidade de adesão (p = 0.02).

Conclusões:

Fumantes mais velhos, que fumavam menos cigarros por dia, e com menores níveis de ansiedade exibiram maiores taxas de adesão ao programa de apoio para a cessação do tabagismo.

Keywords : Adesão; cessação do tabagismo; motivação; transtorno por uso de tabaco; comorbidade.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )