SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número2Associação entre perfecionismo e afeto negativo e positivo: o papel da regulação emocional cognitiva e do stresse/coping percebidosInstigação social e confrontos agressivos repetidos em camundongos Swiss machos: análise de corticosterona plasmática e dos níveis de CRF e BDNF em áreas cerebrais límbicas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Trends in Psychiatry and Psychotherapy

versão impressa ISSN 2237-6089versão On-line ISSN 2238-0019

Resumo

AHMADI, Atefeh; MUSTAFFA, Mohamed Sharif; HAGHDOOST, Ali Akbar  e  MANSOR, Syed Mohamed Shafeq. Abordagem eclética a transtornos de ansiedade em crianças de zona rural. Trends Psychiatry Psychother. [online]. 2017, vol.39, n.2, pp.88-97. ISSN 2238-0019.  http://dx.doi.org/10.1590/2237-6089-2016-0047.

Introdução

Transtornos de ansiedade em escolares afetam sua saúde mental e seu desenvolvimento psicológico. Tratamentos alternativos disponíveis consomem tempo e são dispendiosos. Nesse contexto, a terapia eclética é uma abordagem terapêutica que incorpora algumas técnicas e filosofias terapêuticas para criar o tratamento ideal. Neste estudo, terapia eclética consistiu de terapia artística e terapia cognitivo-comportamental (TCC) planejada para escolares com altos níveis de ansiedade. A terapia também incluiu sessões de orientação em grupo para as mães. A eficácia da intervenção foi examinada.

Métodos

61 escolares com idade de 9-12 anos e altos níveis de ansiedade participaram do estudo. A intervenção A (n = 20) consistiu de 9 horas de terapia eclética para crianças com sessões de 3 horas de orientação em grupo para as mães. A intervenção B (n = 20) consistiu de 9 horas de terapia eclética para crianças. Houve também um grupo controle (n = 21).

Resultados

Escores atribuídos pelos professores às dificuldades de saúde mental das crianças e escores de ansiedade autoaplicados indicaram diferenças significativas entre resultados pré-teste e pós-teste, revelando grande tamanho de efeito entre as duas intervenções. Escores pré-teste maiores foram preditores significativos de escores pós-teste mais altos para todos os domínios de ansiedade e dificuldades de saúde mental. Idade, gênero, mães trabalhando 15 horas/dia, nível educacional da mãe, índice de divórcio, morte de um dos pais e renda familiar mensal foram preditores de desfechos da terapia.

Conclusão

Os resultados sugerem a eficácia de arte eclética e TCC para melhorar a saúde mental de crianças e reduzir a ansiedade através de mudança em pensamentos, crenças, emoções e comportamentos que possam causar medo e ansiedade.

Palavras-chave : Transtornos de ansiedade; crianças; Spence Children’s Anxiety Scale; eclectic therapy; SDQ; CBT.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )