SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issue1Coinfection of Epstein-Barr virus, cytomegalovirus, herpes simplex virus, human papillomavirus and anal intraepithelial neoplasia in HIV patients in Amazon, BrazilTissue expression of CD10 protein in colorectal carcinoma: correlation with the anatomopathological features of the tumor and with lymph node and liver metastases author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Journal of Coloproctology (Rio de Janeiro)

Print version ISSN 2237-9363

Abstract

CAMARGO, Bruna Luz Custódio; DOMINGUES, Thaísa Consorte; NIJI, Vanessa Miguel  and  NAI, Gisele Alborghetti. Comparison between the concentration of mast cells and risk criteria of malignancy in intestinal adenomas. J. Coloproctol. (Rio J.) [online]. 2012, vol.32, n.1, pp. 26-33. ISSN 2237-9363.  http://dx.doi.org/10.1590/S2237-93632012000100004.

Adenomas intestinais são neoplasias benignas que apresentam risco de malignização relacionado a três características independentes: o tamanho do pólipo, a arquitetura histológica e a gravidade da displasia (ou atipia) epitelial. Evidências atuais sugerem que os mastócitos contribuem para a tumorigênese do carcinoma colorretal. OBJETIVO: Analisar comparativamente a concentração de mastócitos em adenomas intestinais e os critérios de risco para malignização nesses tumores (tamanho, tipo histológico e grau de atipia celular). Métodos: Realizou-se um estudo retrospectivo, com seleção de 102 laudos anatomopatológicos de exérese de adenoma intestinal. Foram selecionados os blocos de parafina com a área central da neoplasia para a realização da coloração de azul de toluidina para evidenciar os mastócitos. RESULTADOS: Na maioria dos casos (89,2%, n=91) a concentração de mastócitos (CM) foi menor que 6 mastócitos/10 campos de grande aumento (CGA) (p=0,0001). A maioria dos adenomas, independente do tipo histológico, mostrou 0 mastócito/10 CGA (p=0,083). A maioria dos adenomas, independentemente do tamanho, tinha CM de 0 mastócito/10 CGA (p=0,665). A presença ou a ausência de atipias esteve associada, na maioria dos casos, a CM de 0 mastócito/10 CGA (p=0,524). CONCLUSÃO: Este estudo não mostrou associação entre a concentração de mastócitos e tipo histológico, tamanho ou presença de atipias celulares nos adenomas intestinais.

Keywords : mastócito; adenoma; câncer intestinal; histologia; patologia.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English