SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issue2Comparative study between the free DNA in peripheral blood and TNM staging in patients with colorectal cancer for prognostic evaluation in the university hospital of the State of AlagoasClinical and epidemiological evaluation of patients with colorectal cancer from Rio Grande do Sul author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Journal of Coloproctology (Rio de Janeiro)

Print version ISSN 2237-9363

Abstract

FERNANDES, Rubens Henrique Oleques  and  ROSSI, Tito Armando. Transanal rectopexy - twelve case studies. J. Coloproctol. (Rio J.) [online]. 2012, vol.32, n.2, pp. 132-135. ISSN 2237-9363.  http://dx.doi.org/10.1590/S2237-93632012000200007.

OBJETIVO: O presente estudo analisou os resultados da retopexia pela via transanal e expôs os benefícios desta técnica cirúrgica. MÉTODO: Doze pacientes com prolapso foram operados no período de 1997 a 2011. A técnica cirúrgica usada foi a retopexia transanal, onde o mesorreto foi fixado ao sacro com fio inabsorvível. Três pacientes tinham cirurgia prévia, dois pela técnica de Delorme e um pela técnica de Thiersch. RESULTADOS: A permanência hospitalar pós-operatória variou de 1- 4 dias. Uma paciente (8,3%) apresentou hematoma transoperatório que foi tratado com compressão local e antibioticoterapia. Um paciente apresentou prolapso mucoso residual (8,3%), que foi ressecado. Houve recidiva da procidência em um caso (8,3%). A melhora da incontinência ocorreu em 75% dos pacientes e uma paciente apresentou bloqueio evacuatório no primeiro mês após a cirurgia. Não houve mortalidade entre os pacientes operados. CONCLUSÃO: A retopexia transanal é uma técnica simples, de baixo custo e apresentou boa eficácia no controle do prolapso retal.

Keywords : reto; prolapso de reto; cirurgia colorretal.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English