SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 issue4Transanal minimally-invasive surgery (TAMIS): technique and results from an initial experience author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Journal of Coloproctology (Rio de Janeiro)

Print version ISSN 2237-9363

Abstract

PEREIRA, José Aires et al. Avaliação dos efeitos da aplicação de enemas com sucralfato em modelo experimental de colite de exclusão. J. Coloproctol. (Rio J.) [online]. 2013, vol.33, n.4, pp.182-190. ISSN 2237-9363.  https://doi.org/10.1016/j.jcol.2013.08.005.

A colite de exclusão (CE) é uma doença inflamatória que se desenvolve em segmentos desprovidos de trânsito fecal. O sucralfato (SCF) complexo formado pelo octossulfato de sacarose e hidróxido de polialumínio vem se demonstrando eficaz para o tratamento de diferentes formas de colite, porém, até a presente data, os efeitos do SCF ainda não foram avaliados na CE.

OBJETIVO:

avaliar se a aplicação de clisteres contendo SFC melhora as alterações histológicas encontradas em modelo experimental de CE.

MÉTODOS:

trinta e seis ratos foram submetidos à derivação do trânsito no cólon direito pela confecção de colostomia proximal e fístula mucosa distal. Os animais foram divididos em dois grupos experimentais de acordo com o sacrifício ser realizado após duas ou quatro semanas do procedimento cirúrgico. Cada grupo experimental foi dividido em três subgrupos de seis animais segundo terem sidos submetidos à aplicação diária com enemas contendo solução fisiológica a 0,9% ou SCF nas concentrações de 1,0g/kg/dia ou 2,0 g/kg/dia. O diagnóstico de CE nos segmentos sem trânsito foi estabelecido por estudo histopatológico considerando-se as seguintes variáveis: perda epitelial, formação de abscessos nas criptas, população de células caliciformes, infiltrado inflamatório e a presença de fibrose. Para análise estatística adotou-se os testes não paramétricos de Mann-Withney e Kruskal-Wallis estabelecendo-se para ambos, nível de significância de 5% (p < 0,05).

RESULTADOS:

verificou-se que a aplicação diária de enemas com SCF diminui a perda epitelial, a formação de abscessos nas criptas cólicas, o infiltrado inflamatório e a presença de fibrose tecidual (p < 0,05), não relacionada ao tempo de intervenção. A intervenção com SCF preserva a população de células caliciformes. Os efeitos da substância na preservação do epitélio cólico, na redução do processo inflamatório e consequente formação de abscessos nas criptas cólicas encontram-se relacionado à concentração utilizada, enquanto a redução da fibrose tecidual a concentração e ao tempo de intervenção.

CONCLUSÃO:

a aplicação preventiva de enemas com SCF reduz o processo inflamatório em segmentos cólicos desprovidos de transito intestinal.

Keywords : Cólon; Colite experimental; Ácidos graxos de cadeia curta; Sucralfato; Ratos.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )