SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue3Comparison between infliximab and adalimumab in the treatment of perianal fistulas in Crohn's diseaseComparative study of 1,2-dimethylhydrazine and azoxymethane on the induction of colorectal cancer in rats author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Journal of Coloproctology (Rio de Janeiro)

Print version ISSN 2237-9363On-line version ISSN 2317-6423

Abstract

SALOME, Geraldo Magela  and  ALMEIDA, Sergio Aguinaldo de. Assoiação dos fatores sociodemográficos e clínicos à autoimagem e autoestima dos indivíduos com estoma intestinal. J. Coloproctol. (Rio J.) [online]. 2014, vol.34, n.3, pp.159-166. ISSN 2317-6423.  https://doi.org/10.1016/j.jcol.2014.05.005.

Objetivo:

Avaliar os fatores sociodemográficos e clínicos e correlacioná-los à autoimagem e autoestima.

Métodos:

Estudo realizado no Polo dos Estomizados de Pouso Alegre. Os dados foram coletados entre dezembro de 2012 e maio de 2013. A amostra foi por não probabilística, por conveniência. Para coleta de dados, foram utilizadas a Escala de Autoestima Rosenberg/UNIFESP-EPM e a escala BodyInvestmentScale. Para análise estatística, foram utilizados os testes do Qui-quadrado e de Kruskal-Wallise a correlação de Spearman. Foram considerados os níveis de significância 5% (p ≤ 0,05).

Resultados:

Os participantes apresentaram a média de 10,81 na Escala de Autoestima Rosenberg/UNIFESP-EPM. Com relaação à escala BodyInvestmentScale, a média do escore total foi 38,79; a médianos domínios imagem corporal foi de 7,74 e no toque pessoal, 21,31. Ao comparamos os dados relacionados ao estoma e sociodemográficos com a Escala de Autoestima Rosenberg/UNIFESP-EPM e com escala BodyInvestmentScale, percebemos que todos os pacientes apresentaram queda na autoestima e na autoimagem. Os indivíduos estavam na faixa etária acima de 60 anos, sexo masculino, eram aposentados e casados e não participavam de grupo de apoio/associação. Com relação às características do estoma, os indivíduos com colostomia permanente tinham como causas da realização do estoma doença inflamatória e neoplasia; os estomas mensuravam entre 20 a 40 mm; eles utilizavam dispositivo com duas peças. Pessoas que não foram comunicadas de que iriam ser submetidas ao estoma, e em que não foi realizada a demarcação apresentaram piora na autoestima e na autoimagem com relação às outras características relacionadas à lesão e às sociodemográficas.

Conclusão:

Pacientes que participaram deste estudo apresentaram baixa na autoimagem e autoestima em todas as características do estoma e nos dados sociodemográficos, significando que esses indivíduos tinham sentimentos negativos em relação ao próprio corpo.

Keywords : Estomia; Qualidade de vida; Imagem corporal; Autoimagem; Autoestima.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )