SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 issue1Evaluation of the completeness and timeliness of malaria reporting in the Brazilian Amazon, 2003-2012 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Epidemiologia e Serviços de Saúde

Print version ISSN 1679-4974On-line version ISSN 2237-9622

Abstract

CAVALCANTE, Karina Ribeiro Leite Jardim  and  TAUIL, Pedro Luiz. Características epidemiológicas da febre amarela no Brasil, 2000-2012. Epidemiol. Serv. Saúde [online]. 2016, vol.25, n.1, pp.11-20. ISSN 1679-4974.  https://doi.org/10.5123/s1679-49742016000100002.

o estudo visa descrever as características epidemiológicas da febre amarela no Brasil no período de 2000 a 2012.

MÉTODOS:

estudo epidemiológico, ecológico, descritivo, utilizando informações dos bancos de dados do Ministério da Saúde.

RESULTADOS:

foram confirmados 326 casos de febre amarela no país nesse período, com 156 óbitos e taxa de letalidade média de 47,8%; o grupo de adultos jovens do sexo masculino foi o mais acometido; nas epizootias, foi identificado um total de 2.856 primatas não humanos notificados com suspeita de febre amarela, 31,1% deles confirmados laboratorialmente; no período estudado, foi identificada expansão da área de transmissão silvestre da doença para regiões densamente povoadas, como Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

CONCLUSÃO:

persiste o risco de transmissão urbana da febre amarela, pois a incidência silvestre da doença tem se expandido para regiões onde existe alta infestação do Aedes aegypti, mosquito transmissor do ciclo urbano da doença.

Keywords : Febre Amarela; Epidemiologia Descritiva; Vetores de Doenças; Brasil.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )