SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue2Syphilis in pregnancy and congenital syphilis in Palmas, Tocantins State, Brazil, 2007-2014Census of the Primary Health Care structure in Brazil (2012): potential coverage estimates* author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Epidemiologia e Serviços de Saúde

Print version ISSN 1679-4974On-line version ISSN 2237-9622

Abstract

STEVANATO, Jaquelline Monte; GAIVA, Maria Aparecida Munhoz  and  SILVA, Ageo Mário Cândido da. Tendência da cobertura do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos em Mato Grosso, 2000 a 2012. Epidemiol. Serv. Saúde [online]. 2017, vol.26, n.2, pp.265-274. ISSN 1679-4974.  https://doi.org/10.5123/s1679-49742017000200004.

OBJETIVO:

analisar a tendência da cobertura do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (Sinasc) no estado de Mato Grosso e suas Regiões de Saúde, no período de 2000 a 2012.

MÉTODOS:

estudo de séries temporais, a cobertura foi calculada pela razão entre o número de nascidos vivos fornecido pelo sistema e o estimado pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE); as tendências foram analisadas utilizando-se modelos de regressão polinomial.

RESULTADOS:

a cobertura do Sinasc em Mato Grosso, no período estudado, apresentou-se crescente, com uma mediana de 94,9%; a região de Araguaia Xingu apresentou cobertura inferior a 90% durante todo o período; a maioria das regiões apresentou tendências de coberturas crescentes, excetuando-se a Baixada Cuiabana, Centro Norte e Vale do Peixoto.

CONCLUSÃO:

a cobertura do Sinasc em Mato Grosso foi satisfatória e crescente na maioria das Regiões de Saúde.

Keywords : Estatísticas Vitais; Sistemas de Informação; Nascimento Vivo; Estudos de Séries Temporais.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )