SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 número2Prevalência de sarcoma de Kaposi em pacientes com aids e fatores associados, São Paulo-SP, 2003-2010Avaliação do conhecimento sobre o vírus do papiloma humano (HPV) e sua vacinação entre agentes comunitários de saúde na cidade de Tubarão, Santa Catarina, em 2014 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Epidemiologia e Serviços de Saúde

versão impressa ISSN 1679-4974versão On-line ISSN 2237-9622

Resumo

BIFFE, Carina Rejane Fernandes et al. Perfil epidemiológico dos acidentes de trânsito em Marília, São Paulo, 2012. Epidemiol. Serv. Saúde [online]. 2017, vol.26, n.2, pp.389-398. ISSN 2237-9622.  http://dx.doi.org/10.5123/s1679-49742017000200016.

OBJETIVO:

descrever o perfil das vítimas de acidentes e óbitos relacionados ao trânsito em Marília-SP, Brasil.

MÉTODOS:

estudo descritivo, com dados de Boletins de Ocorrência (BO) e Declarações de Óbito (DO) referentes a 2012.

RESULTADOS:

foram obtidos 1.537 BO; dos 3.257 indivíduos envolvidos em acidentes, 67,3% eram homens e 53,3% encontravam-se na faixa etária de 20-39 anos; os acidentes foram mais frequentes nos cruzamentos de vias (35,2%), às 8 (6,8%), 13 (7,2%) e 19 (8,1%) horas; a motocicleta foi o veículo mais utilizado no momento do acidente (47,6%); entre os 78 óbitos, 61 eram homens, 31 contavam mais de 50 anos de idade e 23 eram motociclistas; 32 acidentes fatais ocorreram em rodovias.

CONCLUSÃO:

indivíduos do sexo masculino e motociclistas foram os principais envolvidos em acidentes de trânsito e vítimas fatais; os acidentes fatais ocorreram principalmente em rodovias, tendo como principais vítimas os maiores de 50 anos.

Palavras-chave : Acidentes de Trânsito; Epidemiologia Descritiva; Morbidade; Mortalidade.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )