SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.7 número1MOBILIDADE INTERGERACIONAL OCUPACIONAL E DE RENDA NO BRASIL ENTRE AS DÉCADAS DE 1990 E 2000PLASTICIDADES RECRIADAS: CONHECIMENTO SENSÍVEL, VALOR E INDETERMINAÇÃO NA ATIVIDADE DOS CATADORES DE RECICLÁVEIS índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Sociologia & Antropologia

versão impressa ISSN 2236-7527versão On-line ISSN 2238-3875

Resumo

ALVES, Andrea Moraes. MEMÓRIA DA ESTERILIZAÇÃO FEMININA: UM ESTUDO GERACIONAL. Sociol. Antropol. [online]. 2017, vol.7, n.1, pp.187-207. ISSN 2238-3875.  http://dx.doi.org/10.1590/2238-38752017v718.

A geração de mulheres que conheceu a introdução da esterilização feminina como prática corrente no Brasil é o assunto deste artigo. Em entrevistas sobre trajetórias contraceptivas, 15 mulheres de distintos perfis sociais relatam seus percursos reprodutivos até a realização da cirurgia. As entrevistadas submeteram-se voluntariamente à esterilização entre os anos 1970 e 1980. Os relatos foram colhidos entre em 2011 e 2012 na cidade do Rio de Janeiro e compõem o material aqui chamado de "memória da esterilização". A partir das narrativas, dois temas se destacam: a dimensão relacional que marca a decisão pela esterilização e a produção das memórias das mulheres sobre a reprodução e a contracepção.

Palavras-chave : Gênero; reprodução; esterilização feminina; maternidade; trajetórias de vida e memória.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )