SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número2Associação entre prontidão para mudanças de comportamento e queixa de disfonia em professoresComparação entre as avaliações clínica e videofluoroscópica da deglutição em crianças com suspeita de disfagia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


CoDAS

versão On-line ISSN 2317-1782

Resumo

ALMEIDA, Anna Alice Figueirêdo de et al. Características vocais e de personalidade de pacientes com imobilidade de prega vocal. CoDAS [online]. 2015, vol.27, n.2, pp.178-185. ISSN 2317-1782.  http://dx.doi.org/10.1590/2317-1782/20152014144.

Objetivo:

Averiguar as características vocais e de personalidade de pacientes com diagnóstico de disfonia orgânica secundária à imobilidade de prega vocal.

Métodos

: O estudo foi composto por pacientes de ambos os gêneros, atendidos na Clínica Escola de Fonoaudiologia da Universidade Federal da Paraíba, com diagnóstico otorrinolaringológico de imobilidade de prega vocal e fonoaudiológico de disfonia. Mensurou-se a autoavaliação da voz por meio de um Protocolo de Triagem Vocal e Escala de Sintomas Vocais (ESV), coletou-se a voz para a avaliação perceptivo-auditiva e aplicou-se a Bateria Fatorial de Personalidade (BPF). Realizou-se análise estatística descritiva para averiguar a frequência, média e desvio padrão das variáveis estudadas.

Resultados:

Participaram 8 pacientes, de ambos os gêneros, com a idade média de 40,4 ±16,9 anos. Os fatores de risco mais presentes foram os pessoais (4,7±2,1). Na ESV, os pacientes apresentaram maior média no escore de limitação (34,1±15,7). A partir da avaliação perceptivo-auditiva, obteve-se intensidade do desvio vocal moderada com qualidade vocal predominantemente rugosa (57,7±25,2). Na BFP, os pacientes tiveram médias maiores que o ponto de corte nos fatores neuroticismo (3,8±1,4) e realização (5,2±1,0).

Conclusão:

O parâmetro vocal predominante foi rugosidade. Os pacientes citaram poucos fatores de risco que comprometem o comportamento vocal e apresentaram os fatores neuroticismo e realização como destaque em sua personalidade. Assim, indivíduos com imobilidade de prega vocal demonstram características de personalidade que podem ser reflexo do seu distúrbio de voz, e não um fator que determine a sua disfonia.

Palavras-chave : Comportamento; Personalidade; Voz; Disfonia; Laringe; Prega Vocal.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )