SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 issue4Elaboration of an instrument to investigate the acquisition of minimal contrast perception in the Brazilian sign languageNeonatal Hearing Screening in primary health care and family health care author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


CoDAS

On-line version ISSN 2317-1782

Abstract

SILVA, Danielle Nunes Moura; COUTO, Erica de Araújo Brandão; BECKER, Helena Maria Gonçalves  and  BICALHO, Maria Aparecida Camargos. Características orofaciais de idosos funcionalmente independentes. CoDAS [online]. 2017, vol.29, n.4, e20160240.  Epub July 20, 2017. ISSN 2317-1782.  https://doi.org/10.1590/2317-1782/20172016240.

Objetivo

conhecer as características orofaciais de idosos funcionalmente independentes e analisar a associação com a idade, gênero, nível socioeconômico e estado dentário.

Método

estudo observacional, transversal de caráter analítico com amostra não probabilística. Foi aplicado o instrumento validado “Protocolo de Avaliação Miofuncional Orofacial com Escalas para Idoso” em sujeitos funcionalmente independentes com idade igual ou acima de 60 anos, em boas condições de saúde segundo avaliação geriátrica padronizada, intitulada Protocolo de Avaliação Multidimensional do Idoso.

Resultados

os idosos apresentaram padrões de normalidade acima de 60% nos parâmetros de aspecto e mobilidade das estruturas. As alterações significantes foram: sulco nasolabial acentuado; bochechas flácidas ou arqueadas; vedamento labial com tensão ou ausência de vedamento e comissuras labiais deprimidas. As alterações de mobilidade foram pequenas, entre 20,6% e 33,8%, com maior prevalência na elevação da língua e lateralização do ar em bochechas infladas e da mandíbula. Não houve relação destes achados perante a progressão da idade e as classes socioeconômicas. As mulheres apresentaram maior chance de exibirem aspecto normal dos lábios e alguma alteração da mobilidade. O número de dentes associou-se com o volume e a configuração dos lábios e a mobilidade da mandíbula. Além disso, o uso de prótese dentária associou-se significativamente com o aspecto do sulco nasolabial e a tensão/configuração das bochechas.

Conclusão

este trabalho sugere que o sistema oromiofacial encontra-se dentro dos padrões de normalidade na maioria dos idosos funcionalmente independentes. O que ampara a atuação multiprofissional na prevenção, promoção e tratamento da saúde oromiofuncional dos idosos.

Keywords : Idoso; Envelhecimento; Saúde do Idoso; Atividades Cotidianas; Sistema Estomatognático.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )