SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número5Os efeitos da bandagem elástica no músculo trapézio em adultos saudáveisSintomas vocais na população pediátrica: Validação da versão brasileira do Questionário de Sintomas Vocais Pediátrico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


CoDAS

versão On-line ISSN 2317-1782

Resumo

FERREIRA, Geise Corrêa et al. Bilinguismo e reconhecimento de fala no silêncio e no ruído em adultos. CoDAS [online]. 2019, vol.31, n.5, e20180217.  Epub 17-Out-2019. ISSN 2317-1782.  http://dx.doi.org/10.1590/2317-1782/20192018217.

RESUMOObjetivo: Comparar a habilidade de reconhecimento de sentenças no silêncio e no ruído em indivíduos normo-ouvintes monolíngues, falantes do português brasileiro e, bilíngues, falantes do português brasileiro e do alemão, e do português brasileiro e italiano, bem como analisar a influência do período de aquisição da segunda língua no desempenho dos bilíngues.

Método

Participaram da pesquisa 87 indivíduos entre a faixa etária de 18 e 55 anos de idade, normo-ouvintes, os quais foram distribuídos em: grupo controle, composto de 30 monolíngues falantes do português brasileiro; grupo estudo alemão, 31 bilíngues simultâneos falantes do português e do alemão como segunda língua; grupo estudo italiano, formado por 26 bilíngues sucessivos, falantes do português e do italiano como segunda língua. Por meio do teste Listas de Sentenças em Português Brasileiro, foram obtidos seus Limiares de Reconhecimento de Sentenças no Silêncio e no Ruído.

Resultados

No silêncio, não houve diferenças estatisticamente significantes de desempenho tanto quando comparados os indivíduos bilíngues e monolíngues como quando comparados os grupos bilíngues. Por sua vez, no ruído, verificou-se diferença significante entre os grupos bilíngues, em relação ao monolíngue. Entretanto, quando comparado o desempenho dos grupos bilíngues, não se observou diferença significante entre eles.

Conclusão

O bilinguismo influenciou positivamente o desenvolvimento de habilidades auditivas, que repercutiram em desempenhos superiores dos bilíngues no reconhecimento de fala na presença de ruído, e o período de aquisição da segunda língua não influenciou o desempenho dos bilíngues.

Palavras-chave : Bilinguismo; Adulto; Testes Auditivos; Percepção da Fala; Testes de Discriminação da Fala.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )