SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número5Validação de conteúdo e confiabilidade do Protocolo de Avaliação dos Distúrbios Adquiridos de Fala em Indivíduos com Doença de Parkinson (PADAF)Estudantes de teatro com e sem queixa de voz: dados sobre saúde e higiene vocal, sintomas e desvantagem vocal índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


CoDAS

versão On-line ISSN 2317-1782

Resumo

CRUZ-SANTOS, Anabela; COSTA, Sónia Susana da Silva; FERNANDES, Raquel Maria Silva  e  SAPAGE, Sara Pereira. Perspectivas e práticas de apoio educativo aos alunos com transtornos da linguagem em Portugal. CoDAS [online]. 2019, vol.31, n.5, e20180074.  Epub 31-Out-2019. ISSN 2317-1782.  http://dx.doi.org/10.1590/2317-1782/20192018074.

Objetivo

Contribuir para o conhecimento das perspectivas e práticas de apoio educativo aos alunos com transtornos da linguagem em contextos inclusivos em Portugal.

Método

Após revisão da bibliografia sobre o tema, foi elaborado um questionário, posteriormente aplicado a 123 professores do ensino regular. Para a análise dos dados recolhidos, foi realizada uma análise estatística descritiva e inferencial das variáveis dependentes, utilizando testes paramétricos.

Resultados

A análise descritiva revela que a maioria dos professores conhece o conceito de transtornos da linguagem e considera importante compreender o desenvolvimento da linguagem ao lidar com alunos com essa problemática. No entanto, mais da metade dos inquiridos acha que não possui formação nem informações suficientes acerca da aquisição e do desenvolvimento da linguagem e também não concorda que possua competências suficientes para contribuir para a identificação de alunos com transtornos da linguagem. Os resultados relativos à análise inferencial revelam diferenças estatisticamente significativas no que diz respeito ao gênero, ao tempo de serviço e ao distrito. Os resultados obtidos demonstram boas qualidades métricas no que se refere à consistência interna.

Conclusão

Os resultados evidenciam a necessidade de formação e informação dos professores acerca da aquisição e do desenvolvimento da linguagem e, mais especificamente, dos transtornos da linguagem. Demonstram também que os professores do ensino regular poder-se-ão deparar com dificuldades no apoio educativo aos alunos com transtornos da linguagem e, particularmente, em delinear estratégias adequadas às suas necessidades, nomeadamente na elaboração de programas educativos individualizados.

Palavras-chave : Linguagem; Transtornos da Linguagem; Ensino; Apoio Educativo; Análise Quantitativa.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )