SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.47 número2Investigação da continuidade do enxame de diques máficos sob as dunas da Joaquina usando magnetometria terrestreEstratigrafia, tectônica e geocronologia U-Pb (LA-ICP-MS) em zircão detrítico da faixa Rio Preto e porção norte do corredor do Paramirim, NE, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Geology

versão impressa ISSN 2317-4889versão On-line ISSN 2317-4692

Resumo

FRIES, Maximilian; MALAGUTTI FILHO, Walter; DOURADO, João Carlos  e  FERNANDES, Mariana Aparecida. Aquisição gravimétrica e modelagem da morfologia do embasamento na caracterização da espessura sedimentar, porção NE da Bacia Sedimentar do Paraná - Brasil. Braz. J. Geol. [online]. 2017, vol.47, n.2, pp.249-260.  Epub 22-Maio-2017. ISSN 2317-4889.  http://dx.doi.org/10.1590/2317-4889201720160117.

A porção nordeste da Bacia Sedimentar do Paraná distingue-se pelos altos estruturais e o conhecido Domo de Pitanga, uma estrutura de soerguimento identificada no século passado. Representa uma evidência geológica e evolutiva da Bacia Sedimentar do Paraná sendo alvo de diversos estudos e pesquisas de exploração. Este estudo consiste em uma aquisição gravimétrica na área do Domo de Pitanga, Estado de São Paulo, Brasil. As anomalias Bouguer são relacionadas com o alto estrutural, espessura de sedimentos e morfologia do embasamento. Técnicas de processamento e realce foram usadas para modelagem direta com base em estudos anteriores. Três modelos foram gerados em perfis seccionando o domo e apresentam espessuras de sedimentos variando de 200 a 1.250 metros. A A metodologia adotada forneceu importantes resultados estabelecendo o entendimento através da visualização 3D racional do Domo de Pitanga. A área pode ser interpretada como uma ondulação do embasamento com afinamento na espessura dos sedimentos associado a estruturas em profundidade no limite crosta/manto (soerguimento da Moho). Esta característica é confirmada pelo espessamento das camadas sedimentares em toda área circundante. Os resultados também fornecem importantes subsídios e apoio a novos estudos sobre a gênese e evolução deste e de outros altos estruturais na Bacia Sedimentar do Paraná.

Palavras-chave : Bacia do Paraná; Gravimetria; Modelagem.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )