SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número1Potenciais evocados auditivos de longa latência em escolares com transtornos específicos de aprendizagemMaturação auditiva periférica: análise das amplitudes das emissões otoacústicas produto de distorção em neonatos pré-termo e a termo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Audiology - Communication Research

versão On-line ISSN 2317-6431

Resumo

SENA-YOSHINAGA, Taise Argolo; ALMEIDA, Mabel Gonçalves; CORTES-ANDRADE, Isabela Freixo  e  LEWIS, Doris Ruthi. Triagem auditiva neonatal com potencial evocado auditivo de tronco encefálico automático: a utilização de diferentes tecnologias. Audiol., Commun. Res. [online]. 2014, vol.19, n.1, pp.19-24. ISSN 2317-6431.  http://dx.doi.org/10.1590/S2317-64312014000100005.

Objetivo

: Analisar os resultados da Triagem Auditiva Neonatal com Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefálico Automático, com diferentes tecnologias, estudando a sensibilidade, a especificidade e o tempo de exame.

Métodos

: Foram avaliados 200 neonatos, por meio do Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefálico Automático utilizando método de detecção no domínio da frequência e taxa de repetição do estímulo a 93 Hz. Todos os neonatos foram submetidos ao Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefálico como padrão ouro, para garantir os resultados encontrados. Durante a realização da triagem, os neonatos foram classificados de acordo com a Escala Neonatal de Avaliação Comportamental, conhecida como Escala de Brazelton, como variável para análise do tempo de exame.

Resultados

: Dois dos 200 neonatos triados falharam no Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefálico Automático e no Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefálico Diagnóstico e 198 passaram nos dois exames realizados. A sensibilidade encontrada foi de 100% e a especificidade, de 100%. O tempo médio de exame foi de 32,9 segundos. Os neonatos foram dividido em três grupos, de acordo com o estado de consciência, segundo a Escala de Brazelton. O Grupo 1 apresentou média de exame de 18,94 segundos, o Grupo 2, de 33,43 segundos e o Grupo 3, de 49,24 segundos.

Conclusão

: O Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefálico Automático com diferentes tecnologias apresenta alta sensibilidade e especificidade, com tempo consideravelmente curto para a determinação da presença ou ausência de resposta e o estado de consciência do neonato influencia no tempo de detecção da resposta auditiva.

Palavras-chave : Recém-nascido; Testes auditivos; Triagem neonatal; Potenciais evocados auditivos; Estado de consciência.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )