SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número1Verificação dos efeitos da Levodopa na deglutição de pacientes com doença de Parkinson índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Audiology - Communication Research

versão On-line ISSN 2317-6431

Resumo

MEDEIROS, Andréa Monteiro Correia; SA, Thalyta Prata Leite de; ALVELOS, Conceição Lima  e  NOVAIS, Deborah Sabina Farias. Intervenção fonoaudiológica na transição alimentar de sonda para peito em recém-nascidos do Método Canguru. Audiol., Commun. Res. [online]. 2014, vol.19, n.1, pp.95-103. ISSN 2317-6431.  http://dx.doi.org/10.1590/S2317-64312014000100016.

Objetivo

: Verificar a relação entre idade gestacional e tempo de intervenção fonoaudiológica para início da alimentação via oral, quando utilizada a técnica de transição alimentar da sonda direta para o peito.

Métodos

: Trata-se de um estudo do prontuário médico/fonoaudiológico de 38 recém-nascidos de risco em Unidade Canguru. Foram coletados os seguintes dados: idade gestacional ao nascimento e corrigida, dias de vida, peso ao nascimento e atual, tipo e duração da intervenção fonoaudiológica, volume de dieta por sonda. Utilizou-se o tempo de uso de antibióticos e o suporte ventilatório como critérios de divisão dos recém-nascidos em dois grupos (G1 e G2). Na análise estatística, aplicou-se o teste não paramétrico de Mann-Whitney e o coeficiente de correlação de Pearson.

Resultados

: O tempo de intervenção para os recém-nascidos que receberem alta fonoaudiológica não apresentou resultados significativos entre os grupos (G1= 9,35 dias e G2= 10,12 dias), embora a hipótese inicial deste estudo fosse a de que os recém-nascidos do G1 necessitariam de menor período de atendimento fonoaudiológico que os do G2. Houve diferença estatisticamente significativa para o peso ao nascimento, entre G1 (1563,53 g) e G2 (1409,62 g).

Conclusão

: Quando utilizada a técnica de transição alimentar da sonda direta para o peito, em recém-nascidos de risco com média de idade gestacional semelhante e mesmo tempo de intervenção fonoaudiológica, os bebês demonstraram aptidão para coordenar os movimentos de sucção/respiração/deglutição, e consequentemente, a amamentação efetiva em seio materno exclusivo.

Palavras-chave : Fonoaudiologia; Neonatologia; Recém-nascido; Prematuro; Métodos de Alimentação.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )