SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número2A perspectiva de professores quanto ao trabalho com crianças com autismoEfeitos de duas intervenções em professores com queixas vocais índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Audiology - Communication Research

versão On-line ISSN 2317-6431

Resumo

ALMEIDA, Larissa Nadjara Alves et al. Características vocais e emocionais de professores e não professores com baixa e alta ansiedade. Audiol., Commun. Res. [online]. 2014, vol.19, n.2, pp.179-185. ISSN 2317-6431.  http://dx.doi.org/10.1590/S2317-64312014000200013.

Objetivo

Comparar características vocais e emocionais em grupos de professores e não professores com baixa e alta ansiedade.

Métodos

Participaram do estudo 93 sujeitos, de ambos os gêneros, com idades entre 18 e 59 anos, divididos em quatro grupos: professores com baixa ansiedade (PBA), professores com alta ansiedade (PAA), não professores com baixa ansiedade (NPBA) e não professores com alta ansiedade (NPAA). Os parâmetros vocais foram mensurados por meio dos instrumentos Questionário de Sinais e Sintomas Vocais (QSSV), Protocolo de Qualidade de Vida em Voz (QVV), Índice de Desvantagem Vocal (IDV), além da gravação de fala e vogal sustentada, avaliada por três fonoaudiólogos, a partir da Escala Analógico-Visual (EAV). Para avaliação dos parâmetros emocionais, utilizou-se o Self-Report Questionnaire (SRQ) e o Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE).

Resultados

Constatou-se que os grupos com alta ansiedade relataram sintomas indicativos de alto nível de estresse e depressão, sendo que o grupo de professores apresentou maior número de sintomas emocionais. Quanto aos parâmetros vocais, observou-se que os professores com alta ansiedade expressaram maior número de sintomas vocais, maior comprometimento da qualidade de vida em voz, maior desvio global da qualidade vocal e alto índice de desvantagem vocal, quando comparados com os demais grupos.

Conclusão

Os indivíduos com alta ansiedade tiveram maior comprometimento emocional, vocal e na qualidade de vida, sobretudo aqueles que têm a voz como instrumento de trabalho, os professores.

Palavras-chave : Fonoaudiologia; Voz; Emoções; Ansiedade; Docentes; Disfonia.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )