SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número1O impacto do contexto da disfluência na organização temporal de consoantes na gagueira índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Audiology - Communication Research

versão On-line ISSN 2317-6431

Resumo

RITTO, Ana Paula; JUSTE, Fabiola Staróbole  e  ANDRADE, Claudia Regina Furquim de. Impacto do uso do SpeechEasy® nos parâmetros acústicos e motores da fala de indivíduos com gagueira. Audiol., Commun. Res. [online]. 2015, vol.20, n.1, pp.1-9. ISSN 2317-6431.  http://dx.doi.org/10.1590/S2317-64312015000100001440.

Objetivo

Investigar variações nas habilidades motoras da fala em adultos com e sem gagueira, utilizando o dispositivo de alteração do feedback auditivo SpeechEasy®.

Métodos

Participaram 20 adultos, dez com gagueira (nove do gênero masculino e um do feminino – média 30,9 anos) e dez controles fluentes (nove do gênero masculino e um do feminino – média 25,2 anos). O estudo comparou o desempenho dos participantes em quatro tarefas: fala espontânea, diadococinesia alternada, diadococinesia sequencial e emissão de frase alvo, com e sem o dispositivo. Os aspectos analisados acusticamente foram: (1) tarefas de diadococinesia: duração das sílabas, período médio entre as sílabas, pico de intensidade e taxa de diadococinesia; (2) tarefa de emissão da frase alvo: tempo de reação, duração do voice onset time, duração total da emissão, frequência fundamental e intensidade.

Resultados

Tanto na comparação intragrupos quanto intergrupos, apenas a tarefa de fala espontânea apresentou diferenças significativas. Nesta tarefa, o uso do SpeechEasy® resultou em melhora significativa da fluência de fala, medida pela porcentagem de sílabas gaguejadas, para o grupo com gagueira. Para o grupo fluente, o dispositivo produziu o efeito oposto (aumento significativo na frequência de rupturas gagas com o dispositivo). Os resultados encontrados quanto aos aspectos acústicos das tarefas de diadococinesia e emissão da frase alvo não indicaram diferença significativa nas comparações intragrupos e intergrupos.

Conclusão

Os resultados indicaram que o uso do SpeechEasy® melhorou a fluência dos participantes com gagueira, sem parecer interferir na naturalidade de fala.

Palavras-chave : Fonoaudiologia; Gagueira; Voz; Acústica da fala; Medida da produção da fala.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )