SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número4O efeito da idade em uma tarefa de identificação das vogais tônicas do Português BrasileiroInstrumentos de rastreio para disfagia orofaríngea no acidente vascular encefálico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Audiology - Communication Research

versão On-line ISSN 2317-6431

Resumo

LEMOS, Isadora de Oliveira; MARCHAND, Daniel Lucas Picanço  e  CASSOL, Mauriceia. Índice de Desvantagem Vocal pré e pós-intervenção vocal em pacientes disfônicos. Audiol., Commun. Res. [online]. 2015, vol.20, n.4, pp.355-360. ISSN 2317-6431.  http://dx.doi.org/10.1590/2317-6431-2015-1580.

Objetivo:

Caracterizar e mensurar a autopercepção vocal de pacientes pré e pós-tratamento fonoaudiológico, por meio do protocolo de Índice de Desvantagem Vocal (IDV).

Métodos:

Trata-se de um estudo transversal, com utilização do banco de dados de pacientes atendidos em um setor de Fonoaudiologia.

Resultados:

A amostra foi composta por 23 pacientes, sendo 16 (69,6%) do gênero feminino e sete (30,4%) do gênero masculino. A média de idade foi de 58 anos, a média do tempo de terapia foi de três meses e o número de sessões foi de 11 atendimentos. Dentre os tipos de disfonia encontrados, a orgânica foi a mais frequente (47,8%), seguida da funcional (30,7%) e da organofuncional (21,7%). A mediana do escore total do protocolo apresentou diminuição no período pré-intervenção, em relação ao período pós-intervenção, significando menor desvantagem vocal. Além disso, 80% das questões do protocolo apresentaram diferença significativa, quando comparadas pré e pós-fonoterapia da voz.

Conclusão:

Houve diferença na percepção da voz após a intervenção fonoaudiológica, indicada por meio da redução dos escores nos itens do IDV. Os achados demonstraram a importância do uso do protocolo IDV na prática clínica, auxiliando o profissional fonoaudiólogo no direcionamento do tratamento e no entendimento do comportamento vocal de pacientes disfônicos. Sugere-se futuras pesquisas, tendo em vista a eficácia do instrumento.

Palavras-chave : Voz; Disfonia; Protocolos; Distúrbios da voz; Fonoterapia.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )