SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23O uso de cenários cotidianos baseados na ferramenta educacional My World com mães de crianças e adolescentes com deficiência auditivaSinais, sintomas e função vocal em indivíduos com disfagia tratados de câncer de cabeça e pescoço índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Audiology - Communication Research

versão On-line ISSN 2317-6431

Resumo

TEIXEIRA, Thais de Sena  e  COSTA-FERREIRA, Maria Inês Dornelles da. Treinamento auditivo computadorizado em idosos protetizados pelo Sistema Único de Saúde. Audiol., Commun. Res. [online]. 2018, vol.23, e1786.  Epub 18-Out-2018. ISSN 2317-6431.  http://dx.doi.org/10.1590/2317-6431-2016-1786.

Objetivo

Verificar a efetividade de um programa de treinamento auditivo computadorizado em idosos protetizados.

Métodos

O estudo foi realizado com 72 idosos, entre 60 e 89 anos de idade, média de 74 anos (±7,8), protetizados em um centro de saúde. Os participantes foram divididos em grupo experimental, 48 (66,7%) e grupo controle, 24 (33,3%). Todos foram submetidos aos testes comportamentais (Fala no Ruído, Random Gap Detection Test e Dicótico de Dígitos) e ao questionário de restrição de participação Hearing Handicap Inventory for the Elderly - Screening Version. O grupo experimental foi avaliado antes e após o treinamento auditivo (quatro sessões) e o grupo controle, na entrega do aparelho de amplificação sonora individual e 40 dias após. O treinamento auditivo neurocognitivo foi elaborado conforme as necessidades de cada participante, com a utilização de recursos variados.

Resultados

Ao comparar o desempenho nos testes comportamentais e no questionário de restrição de participação, nos dois momentos de avaliação, identificou-se diferença estatística para ambos os grupos. O coeficiente delta de cada variável permitiu a análise da variação entre a pré-avaliação e a pós-avaliação e constatou diferenças estatisticamente significativas para os testes comportamentais e não significativas para o questionário de restrição de participação.

Conclusão

O programa de treinamento auditivo computadorizado se mostrou efetivo, indicando melhora das habilidades auditivas alteradas. O questionário não refletiu os efeitos do treinamento auditivo.

Palavras-chave : Perda auditiva; Auxiliares de audição; Reabilitação; Envelhecimento; Serviços de saúde.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )