SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23Treinamento auditivo computadorizado em idosos protetizados pelo Sistema Único de Saúde“Trocas nos sinais”: caracterização de processos fonológicos ocorridos durante a aquisição de Libras por pré-escolares surdos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Audiology - Communication Research

versão On-line ISSN 2317-6431

Resumo

MORETI, Felipe; MORASCO-GERALDINI, Bruna; CLAUDINO-LOPES, Simone Aparecida  e  CARRARA-DE ANGELIS, Elisabete. Sinais, sintomas e função vocal em indivíduos com disfagia tratados de câncer de cabeça e pescoço. Audiol., Commun. Res. [online]. 2018, vol.23, e1873.  Epub 18-Out-2018. ISSN 2317-6431.  http://dx.doi.org/10.1590/2317-6431-2017-1873.

Objetivos

Avaliar a presença de sinais e sintomas vocais e função vocal em indivíduos com disfagia, tratados de câncer de cabeça e pescoço – CCP e identificar os valores de corte dos respectivos instrumentos.

Métodos

Estudo prospectivo com 96 indivíduos (68 homens e 28 mulheres), divididos em grupo experimental – GE (pacientes tratados de CCP com disfagia, independente de queixa vocal) e grupo controle – GC (sem queixas autorrelatadas de voz e deglutição, pareados em média de idade e sexo com GE), que responderam a um questionário com dados de identificação e caracterização da amostra, Lista de Sinais e Sintomas Vocais – LSS, e dois protocolos de avaliação vocal (Índice de Função Glótica – IFG e Escala de Sintomas Vocais – ESV). Por fim, as notas de corte dos protocolos foram identificadas por meio da curva ROC (Receiver Operating Characteristic).

Resultados

Indivíduos do GE apresentaram mais sinais e sintomas vocais e maiores escores no IFG e ESV que os indivíduos do GC, além de pior autoavaliação vocal. Os três instrumentos apresentaram máxima área sob a curva ROC, com valores de corte ESV=17, IFG=4 e LSS=6 pontos.

Conclusão

Indivíduos tratados de CCP com disfagia apresentam mais sinais e sintomas vocais, pior autopercepção da disfunção vocal e maior prejuízo nos aspectos de limitação, emocional e físico da voz, que indivíduos vocalmente saudáveis. Os três instrumentos evidenciaram sensibilidade e especificidade máximas, podendo ser utilizados como ferramentas de triagem.

Palavras-chave : Disfonia; Transtornos de deglutição; Neoplasias de cabeça e pescoço; Fluoroscopia; Inquéritos e questionários; Fonoaudiologia.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )