SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23Tratamento para disfunções temporomandibulares: uma revisão sistemáticaEvidências científicas da reabilitação vestibular na atenção primária à saúde: uma revisão sistemática índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Audiology - Communication Research

versão On-line ISSN 2317-6431

Resumo

CALDAS, Érica Alessandra  e  DIAS, Rosane da Silva. Medicações ototóxicas utilizadas no tratamento oncológico pediátrico: uma revisão sistemática. Audiol., Commun. Res. [online]. 2018, vol.23, e2007.  Epub 03-Dez-2018. ISSN 2317-6431.  http://dx.doi.org/10.1590/2317-6431-2018-2007.

Objetivo

Fazer um levantamento dos medicamentos ototóxicos utilizados no tratamento do câncer pediátrico, apontar os danos das drogas para o sistema auditivo e os métodos utilizados na identificação destes danos nessa população. Estratégia de pesquisa: Foram utilizados periódicos nacionais e internacionais pertinentes ao assunto, acessados eletronicamente em bases de dados da Biblioteca Virtual em Saúde - MS, PubMed, Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações, que envolvessem a população pediátrica com histórico de tratamento oncológico, publicados entre 2007 e 2016, e no Banco de Teses e Dissertações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.

Critérios de seleção

Foram selecionados estudos que contemplassem os seguintes critérios: estudos observacionais nas línguas portuguesa, inglesa ou espanhola e resumos disponíveis que informassem o método de avaliação do dano auditivo.

Resultados

A amostra final resultou em 12 artigos. Destes, a audiometria tonal limiar foi o método de avaliação auditiva mais utilizado, estando presente em 10 (84,61%) dos estudos, seguido das emissões otoacústicas (46,15%). Todos os estudos foram desenvolvidos com pacientes que fizeram uso de cisplatina ou derivados da platina e, quanto ao dano auditivo, apenas 1 dos estudos incluídos não relatou presença de alteração na população estudada.

Conclusão

Os derivados da platina expressam papel importante no tratamento do câncer em diversos níveis e são os agentes ototóxicos mais citados em pesquisas. A cóclea é o local mais afetado, mais especificamente as células ciliadas externas. Os métodos de investigação da alteração auditiva mais utilizados são a audiometria tonal limiar e as emissões otoacústicas.

Palavras-chave : Neoplasias; Toxicidade; Criança; Perda auditiva; Tratamento farmacológico.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )