SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número2Correlação entre a Duração da Internação Hospitalar e a Velocidade da Marcha em Pacientes Submetidos à Cirurgia CardíacaCorrelação entre Índice de Cálcio Cardíaco e Doença Arterial Coronariana índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


International Journal of Cardiovascular Sciences

versão impressa ISSN 2359-4802versão On-line ISSN 2359-5647

Resumo

CERRONE, Leticia Andrade et al. Terapia Interdisciplinar e a Diminuição da Sobrecarga Cardiovascular em Obesos. Int. J. Cardiovasc. Sci. [online]. 2017, vol.30, n.2, pp.128-135. ISSN 2359-4802.  http://dx.doi.org/10.5935/2359-4802.20170039.

Fundamentos:

Associação entre obesidade, terapia interdisciplinar e exercício físico intenso foi descrita para obesos. Contudo o estudo das atividades físicas representando as tarefas do dia a dia e o risco cardiovascular nas atividades do cotidiano torna-se necessário para verificar a ocorrência dessa associação.

Objetivo:

Investigar se um período de 18 semanas de terapia interdisciplinar é capaz de promover benefícios nos parâmetros cardiovasculares no repouso e durante o exercício físico em adultos obesos.

Métodos:

Amostra de 32 indivíduos de ambos os sexos com índice de massa corporal de 30 a 39,9 kg/m2 e idade entre 30 e 50 anos. Intervenção com terapia interdisciplinar (educação física, psicologia, nutrição e fisioterapia), duração de 18 semanas e mensuração de dados antropométricos de massa corporal, estatura, circunferências de cintura e quadril, avaliação de esforço máximo em ergômetro antes e após o período de terapia.

Resultados:

A terapia interdisciplinar diminuiu pressão arterial sistólica (PAS): 125,83 ± 9,86 (basal) vs 120,28 ± 16,82 (final), frequência cardíaca (FC): 74,75 ± 11,02 (basal) vs 72,77 ± 10,72 (final), e duplo-produto (DP) em repouso. Reduziu também durante o esforço submáximo PAS estágios 1: 143,44 ± 9,28 (basal) vs 131,56 ± 15,26; estágio 2: 152,23 ± 21,91 (basal) vs 141,56 ± 17,43 (final), PAD estágio 2: 89,89 ± 9,58 (basal) vs 83,13 ± 9,65 (final), FC estágio 1: 118,40 ± 12,90 (basal) vs 110,87 ± 7,66 (final); estágio 2: 137,09 ± 16,54 (basal) vs 130,37 ± 11,51 (final) e o DP referentes aos estágios iniciais.

Conclusão:

A terapia interdisciplinar reduziu a sobrecarga do sistema cardiovascular em repouso e no esforço submáximo em adultos obesos otimizando o repouso e atividades do cotidiano. (Int J Cardiovasc Sci. 2017;30(2):128-135)

Palavras-chave : Pressão Arterial; Obesidade; Hipertensão; Equipe de Assistência ao Paciente / terapia.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )