SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue4Bagging to protect calla lily flowers against stingless bee (Trigona spinipes)Characterization and selection of torch ginger for cut flower author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Ornamental Horticulture

On-line version ISSN 2447-536X

Abstract

GUARINIELLO, Julián; IANNICELLI, Jésica; PERALTA, Patricia Angélica  and  ESCANDON, Alejandro Salvio. Propagação in vivo e in vitro de “macela”: planta nativa medicinal-aromática com potencial ornamental. Ornam. Hortic. [online]. 2018, vol.24, n.4, pp.361-370. ISSN 2447-536X.  http://dx.doi.org/10.14295/oh.v24i4.1238.

Achyrocline satureioides é um arbusto nativo da América do Sul. Na medicina popular é usado em infusões como digestivo, carminativo, antiespasmódico, eupéptico e emenagogo. No entanto, seu principal uso é como ingrediente na indústria de bebidas. A exploração comercial é feita através da coleta em populações naturais, de modo extrativista e predatório. A micropropagação de A. satureioides permite a multiplicação massiva dessa espécie e é um reforço para sua domesticação e melhoramento. Para isso, um clone denominado M1-5 foi propagado por estacas. Posteriormente, segmentos nodais obtidos de hastes jovens, desse clone, foram desinfetados pelo método padrão e cultivados em frascos contendo meio MS. Essas brotações foram usadas como fonte de explantes para ensaios subsequentes. Testaram-se no estabelecimento in vitro, o meio MS e o WPM. Uma vez estabelecida a cultura in vitro, estudaram-se as respostas dos explantes em relação a concentrações crescentes 0; 0,5; 2,5 e 5,0 μM de 6-benzilaminopurina (BAP) e adição ou ausência de ácido α-naftaleno acético (ANA) 0,05 μM, em meio basal WPM. A cultura foi monitorada periodicamente por 35 dias, registrando a proliferação de gemas, a presença de calos e o número e comprimento das raízes. Todas as estacas da «macela» propagadas in vivo enraizaram-se e desenvolveram-se satisfatoriamente nas condições testadas. A aplicação de 5,0 μM de BAP por si só gerou a melhor taxa de multiplicação, razão pela qual foi estabelecida como a dose ideal de trabalho. Os brotos gerados de novo enraizaram espontaneamente e foram transferidos para casa de vegetação. Neste trabalho foi possível estabelecer um protocolo de micropropagação para propagação em larga escala de plataforma tecnológica, seja para a produção de mudas de clones selecionados, seja para a aplicação de ferramentas biotecnológicas no pré-melhoramento de germoplasma de “macela”.

Keywords : Achyrocline satureoides; micropropagação; cultura de tecidos; conservação de germoplasma.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )