SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28NEYMAR, O HERÓI DAS CRIANÇASAÇÕES EDUCATIVAS PARA A SENSIBILIZAÇÃO DE UM ESTILO DE VIDA MAIS SAUDÁVEL DE ADOLESCENTES índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Journal of Physical Education

versão On-line ISSN 2448-2455

Resumo

BORBA, Luana Silva de; PEREIRA, Keila Ruttnig Guidony  e  VALENTINI, Nadia Cristina. PREDITORES DO DESENVOLVIMENTO MOTOR E COGNITIVO DE BEBÊS DE MÃES ADOLESCENTES E ADULTAS. J. Phys. Educ. [online]. 2017, vol.28, e2811.  Epub 29-Jun-2017. ISSN 2448-2455.  http://dx.doi.org/10.4025/jphyseduc.v28i1.2811.

Pouco se sabe sobre a repercussão para o desenvolvimento do bebê dos fatores ambientais e das tarefas cotidianas as quais a mãe adolescente está exposta. Por isso o presente estudo propôs identificar as associações e os preditores do desenvolvimento motor e cognitivo de bebês filhos de mães adolescentes e adultas. Foram avaliados 40 bebês com idade entre 0 e 18 meses, tendo 20 bebês em cada grupo - mães adolescentes e adultas. As avaliações foram através da Alberta Motor Infant Scale e Bayley Scale of Infant Development; Affordances in the Home Enviroment for Motor Development, Knowledge of Infant Development e Daily Activities of Infant. Observou-se forte associação entre motricidade e cognição (r²=0,88) em ambos os grupos estudados. Entre os bebês de mães adolescentes, a idade paterna, espaço domiciliar, a mãe não trabalhar fora de casa, escolaridade dos pais, quantidade de brinquedos e adultos na residência, as práticas parentais e o conhecimento dos pais se mostraram preditores do desenvolvimento motor. Para o desenvolvimento cognitivo, mostraram-se preditores o fato dos pais morarem juntos, a quantidade de quartos na residência e as práticas parentais. No grupo de bebês de mães adultas, o desenvolvimento cognitivo, parto cesariano, os pais morarem juntos, quantidade de quartos na residência, e as práticas parentais foram preditores do desenvolvimento motor. Já como preditores do desenvolvimento cognitivo, permaneceram no modelo de regressão o desenvolvimento motor, quantidade de dias na UTI, número de quartos na residência e prática parentais. A interdependência entre cognição e motricidade, as características da família e da residência, e as práticas parentais foram os principais determinantes da trajetória do infante.

Palavras-chave : Adolescência; Gravidez; Cognição; Destreza motora..

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )