SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28CULTURA ESPORTIVA E AS OLIMPÍADAS ESCOLARES NA GRANDE IMPRENSA CAPIXABA (1946-1954)EXCESSO DE PESO E EQUILÍBRIO DE ESCOLARES: ESTUDO DE CASO CONTROLE índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Journal of Physical Education

versão On-line ISSN 2448-2455

Resumo

BORGES, Paulo Henrique et al. DESEMPENHO TÁTICO, ANTROPOMETRIA E CAPACIDADES FÍSICAS EM JOVENS FUTEBOLISTAS: COMPARAÇÃO ENTRE DIFERENTES GRUPOS MATURACIONAIS. J. Phys. Educ. [online]. 2017, vol.28, e2826.  Epub 24-Ago-2017. ISSN 2448-2455.  http://dx.doi.org/10.4025/jphyseduc.v28i1.2826.

O objetivo do estudo foi comparar o desempenho tático, os indicadores antropométricos e as capacidades físicas entre diferentes grupos maturacionais em jovens futebolistas. Fizeram parte do estudo 48 jogadores de futebol (14,80±1,52 anos). Foram realizadas medidas antropométricas de massa corporal, estatura e altura tronco-cefálica. O Pico de Velocidade de Crescimento (PVC) foi utilizado como indicador relativo de maturidade somática. Foram realizados os testes de sentar-e-alcançar, Yo-Yo Intermittent Recovery Test level 1, preensão manual, abdominal modificado e saltos verticais (Counter Movement Jump e Squat Jump). O desempenho tático foi obtido através do Sistema de Avaliação Tática no Futebol (FUT-SAT). Para análise estatística, utilizou-se a Análise de Cluster, Anova One-Way e o coeficiente de correlação de Pearson. Os resultados indicaram que os jogadores adiantados no processo maturacional apresentaram valores superiores no desempenho das capacidades físicas como resistência aeróbia e força muscular de membros inferiores (P<0,01). Os princípios táticos "cobertura ofensiva", "unidade ofensiva" e "concentração" foram mais executados por jogadores Pós-PVC comparativamente ao grupo Pré-PVC (P<0,05). Foram observadas correlações significativas entre o PVC e os princípios "cobertura ofensiva" (r=0,32), "unidade ofensiva" (r=0,39) e "concentração" (r=0,38). Tais resultados sugerem que o avanço na classificação maturacional exerce baixa influencia sobre a gestão do espaço de jogo de jovens futebolistas.

Palavras-chave : Futebol; Crescimento corporal; Desempenho atlético..

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )