SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28COORDENAÇÃO MOTORA DE ESCOLARES DO ENSINO FUNDAMENTAL: INFLUÊNCIA DE UM PROGRAMA DE INTERVENÇÃOASSOCIAÇÃO ENTRE DISTÚRBIOS DO SONO E DOENÇAS CRÔNICAS EM PACIENTES DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Journal of Physical Education

versão On-line ISSN 2448-2455

Resumo

BELEM, Isabella Caroline et al. QUAIS ESTRATÉGIAS DE ENFRENTAMENTO SÃO UTILIZADAS POR ATLETAS DE MMA MAIS RESILIENTES AO ESTRESSE?. J. Phys. Educ. [online]. 2017, vol.28, e2843.  Epub 26-Out-2017. ISSN 2448-2455.  http://dx.doi.org/10.4025/jphyseduc.v28i1.2843.

Este estudo analisou a associação entre resiliência, estresse e estratégias de coping de atletas de MMA. Participaram 50 atletas de MMA do sexo masculino, com idade de 25,0±4,80 anos. Utilizou-se uma ficha de identificação, a Escala de Resiliência de Connor-Davidson, o Inventário Atlético de Estratégias de Coping e o Questionário de Estresse e Recuperação para Atletas (RESTQ-76). Para análise dos dados, utilizou-se estatística descritiva, teste Qui-Quadrado um fator e 2x2, Exato de Fisher e Regressão Logística Binária (p<0,05). Os níveis de estresse foram considerados baixos e os atletas demonstraram níveis elevados de recuperação, nas subescalas de “auto eficácia” (p=0,048), “autorregulação” (p=0,048). Atletas resilientes têm maiores chances de utilizar as estratégias de “confronto com as adversidades” (OR=6,47), “concentração” (OR=11,67) e “treinabilidade” (OR=5,49). Conclui-se que atletas resilientes são menos estressados pois enfrentam os conflitos advindos do ambiente esportivo de forma concentrada e aprendendo com seu treinamento.

Palavras-chave : Resiliência; Estratégias de coping; Estresse; Atletas..

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )