SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28ASSOCIAÇÃO ENTRE DISTÚRBIOS DO SONO E DOENÇAS CRÔNICAS EM PACIENTES DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDEPREDITORES DO DESEMPENHO NO TESTE DE ALCANCE FUNCIONAL EM PESSOAS COM DOENÇA DE PARKINSON índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Journal of Physical Education

versão On-line ISSN 2448-2455

Resumo

SILVA, Alan Camargo  e  FERREIRA, Jaqueline. PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO FÍSICA ATUANTES NA MUSCULAÇÃO: A DOR CORPORAL COMO PERFORMANCE LABORAL. J. Phys. Educ. [online]. 2017, vol.28, e2845.  Epub 26-Out-2017. ISSN 2448-2455.  http://dx.doi.org/10.4025/jphyseduc.v28i1.2845.

Os sentidos e os significados atribuídos ao corpo e às dores são valorizados de modo singular por cada grupo social e particularizados em dado tempo histórico. Assim, o objetivo deste trabalho foi identificar e discutir em que medida os profissionais de Educação Física do setor da musculação de uma academia grande porte atuam entre um “limite” de performance laboral e de dor corporal. A partir dos referenciais teórico-metodológicos do Interacionismo Simbólico e da Antropologia da Performance, empreendeu-se uma etnografia com profissionais de Educação Física durante dez meses entre os anos de 2012 e 2013. As análises das observações registradas em diário de campo indicaram que parte da competência laboral do profissional de Educação Física estava atrelada ao desempenho corporal representado na capacidade de prescrever os exercícios físicos e treinar no “limite” das dores.

Palavras-chave : Dor; Academias de ginástica; Educação física e treinamento..

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )