SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue1Body experimentations in the formative processes of occupational therapy undergraduate course: a review in brazilian literatureCommunity Service and Bond Strength and occupational therapy: an experience report building citizenship and social participation author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional

On-line version ISSN 2526-8910

Abstract

BITTAR, Carime  and  SOARES, Amanda. Mídia e comportamento alimentar na adolescência. Cad. Bras. Ter. Ocup. [online]. 2020, vol.28, n.1, pp.291-308.  Epub Feb 14, 2020. ISSN 2526-8910.  https://doi.org/10.4322/2526-8910.ctoar1920.

Introdução

A adolescência é uma fase marcada por mudanças físicas, comportamentais e psicossociais e também por transformações relacionadas à formação da autoimagem.

Objetivo

Verificar a relação entre mídia e escolhas alimentares na imagem corporal e no possível desenvolvimento de transtornos alimentares em adolescentes. Especificamente objetivou-se identificar como os padrões expostos pela mídia influenciam na construção da imagem corporal de adolescentes e como essa relação pode modificar as escolhas alimentares e deixá-los mais vulneráveis aos transtornos alimentares.

Método

Foi realizada uma revisão de literatura que utilizou as bases de dados Medline, PubMed e a biblioteca SciELO, em inglês e português, no período de 1992 a 2016. Foram incluídas as publicações que continham pelo menos um dos descritores utilizados e que associavam o comportamento alimentar com adolescentes.

Resultados

Nos dias atuais, a mídia exerce grande poder na construção da imagem corporal e na formação de padrões estéticos, os quais afetam os adolescentes em sua fase de vulnerabilidade. Considerando essas características e outras relacionadas com a idade, os jovens acabam modificando seus padrões alimentares, tornando-se vulneráveis para o desenvolvimento de transtornos alimentares.

Conclusão

Os adolescentes são um grupo de risco para o desenvolvimento de transtornos alimentares e a mídia é um fator contribuinte no comportamento alimentar disfuncional.

Keywords : Adolescentes; Comportamento Alimentar; Imagem Corporal; Mídias Audiovisuais.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )